Close

Pensa rápido! Quando falamos em Foz do Iguaçu, qual é a primeira coisa que vem à sua cabeça? Não se sinta mal se você pensou nas Cataratas. É normal, afinal, as Cataratas do Iguaçu são uma das 7 maravilhas naturais do mundo e são o principal atrativo da cidade. Mas Foz tem muito mais a oferecer. Por isso, vamos listar aqui o que fazer em Foz do Iguaçu além das Cataratas. Preparado? Então vamos lá!

1 – Parque das Aves

O Parque das Aves é projeto que alia o turismo com resgate e recuperação de espécies ameaçadas de extinção. O público tem a oportunidade de entrar em viveiros e ver de perto e livres mais de 1400 aves de 150 espécies diferentes.

A especialidade do local são as aves, mas no Parque também há tanques para diferentes espécies de répteis, como cobras e crocodilos.

Quem tiver a oportunidade, não deixe de fazer o Backstage Experience, um passeio guiado onde os participantes podem alimentar algumas aves e interagir de perto com elas. Contamos detalhadamente sobre nossa visita ao Parque das Aves aqui.

o que fazer em foz do iguaçu parque das aves

2 – Marco das Três Fronteiras

O Rio Paraná marca a fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. Para celebrar a amizade entre os três países foram erguidos três obeliscos, um em cada margem da fronteira. O nosso Marco das Três Fronteiras foi inaugurado em 1903, mas em 2015 que foi realizada uma mega reforma que transformou o lugar em realmente um “marco” na cidade.

A vista para o Rio Paraná já era um espetáculo a parte que ficou ainda mais bonita com a padronização do mirante, a construção do chafariz logo atrás do Marco em si e com a reprodução de construções da época dos jesuítas, a criação de espaços para as crianças, um espaço de exposição, o restaurante e também com apresentações de dança.

o que fazer em foz do iguaçu marco das tres fronteiras marco das americas

Quando mostramos no Insta Stories @deixadefrescura como estava o espaço do Marco das Três Fronteiras hoje, recebemos muitas mensagens falando que quando foram visitar o lugar ele não era daquele jeito, que estava muito melhor.

A dica é chegar para assistir ao por do sol nas margens do Rio Paraná e ficar para assistir aos shows de dança que acontecem de terça a domingo das 20h às 20h30.  Lembrem-se de levar um repelente se optar por ficar até a noite.

o que fazer em foz do iguaçu marco das tres fronteiras marco das americas

o que fazer em foz do iguacu marco das tres fronteiras das americas
A imponente estrutura à noite fica ainda mais bonita.

3 – Itaipu Binacional

Itaipu é a usina que mais gera energia limpa e renovável do mundo. É uma usina com uma história incrível e que hoje se transformou também em um grande complexo turístico com museus, planetário, visita panorâmica guiada, visita por dentro da usina, passeio de kattamaram para assistir ao por do sol e até trilhas ecológicas.

Não falta o que se fazer somente dentro de Itaipu, imagina de Foz inteira!

Contamos mais sobre os vários passeios pela usina em Motivos para visitar Itaipu Binacional.

o que fazer em foz do iguaçu itaipu binacional

4 – Dreamland

Dreamland é um complexo turístico que reúne diferentes atrações em um mesmo espaço. A mais famosa é o Museu de Cera de Foz, o primeiro do tipo na América Latina.

Com inspiração clara dos Museus da Madame Tussaud o lugar mistura figuras de ceras de políticos, artistas, esportistas em geral e até personagens fictícios de filmes, como Star Wars.

o que fazer em foz do iguaçu museu de cera dreamland

Maravilhas do Mundo é a segunda atração do complexo onde encontramos maquetes de construções históricas e turísticas do mundo como o Big Ben, a Basílica de São Pedro e até as Pirâmides do Egito.

O Vale dos Dinossauros tem inspiração no filme Parque dos Dinossauros. Em meio às árvores reais estão figuras das mais diferentes espécies de dinossauros que emitem sons e fazem pequenos movimentos. É a atração mais curtida de todo o complexo pelas crianças.

o que fazer em foz do iguaçu vale dos dinossauros

o que fazer em foz do iguaçu vale dos dinossauros com crianças

Visitamos também o Dreams IceBar, que como o nome diz, é um bar de gelo com temperatura interna abaixo de zero. Para entrar, é preciso vestir uma roupa especial para aguentar o frio. O ingresso dá direito a open bar por 20 minutos. O problema é aguentar o frio nas pernas já que só são oferecidos casacos.

Todas as atrações podem ser visitadas individualmente, com ingresso separado comprado no local ou pelo site, ou pode ser comprado o ingresso “combo” diretamente na bilheteria do Dreamland.

o que fazer em foz do iguaçu ice bar dreamland

Em tempos de smartphone e Instagram é bem chato que muitos cenários interativos do parque sejam “reservados” apenas para quem tirar fotos com os fotógrafos oficiais. Logo na entrada no complexo há um Transformer (Bumblebee) gigante e um letreiro “Eu amo Foz do Iguaçu”. Mas ambos são espaços restritos, onde não basta pagar para tirar a foto, ela ainda vem impressa. O formato digital não é disponibilizado.

o que fazer em foz do iguaçu museu de cera
Fotos tiradas e compradas no Museu de Cera.

5 – Templo Budista

Um lugar que não tivemos tempo de visitar, mas que todos nos indicaram como imperdível na cidade é o Templo Budista.

O templo foi construído na parte alta da cidade e de lá é possível ter uma vista privilegiada de Foz e também da Ciudad del Este, no Paraguai. Ele foi construído em 1996 e o que mais chama a atenção de todos os que o visitam é a estátua do Buda de 7 metros de altura. Por sinal, são mais de 120 imagens de Buda, mas cada uma com um significado diferente.

A entrada é gratuita e aberta ao público de terça a domingo, das 9h30 às 16h30.

o que fazer em foz do iguaçu templo budista
Templo Budista de Foz – Foto: Visite Iguaçu

Bônus – Visita aos países “hermanos”

Para fechar nossa lista porque não incluir uma vista ao Paraguai e à Argentina? Tanto para ir ao Paraguai quanto para a Argentina há ônibus com tarifas de cerca de R$5 e também vans de turismo que fazem o trajeto com ida e volta em horários pré-agendados.

Nós optamos por usar um serviço de van para ir e voltar do Paraguai para um dia de “compritas”. Saímos de Foz às 10h e voltamos de lá às 16h. Já  para visitar o lado argentino das Cataratas fomos de transporte público mesmo e fizemos nosso próprio horário. Contaremos todos os detalhes nos próximos posts. Fiquem ligados.


Nossa viagem à Foz do Iguaçu teve o apoio do Visit Iguassu e de seus parceiros. Agradecemos a todos os envolvidos pela recepção e apoio ao nosso trabalho.


Quer saber mais sobre Foz do Iguaçu ? Veja também:

Cataratas do Iguaçu – O passeio n°1 de Foz do Iguaçu

Parque das Aves em Foz – Saiba tudo sobre o passeio!

Motivos para visitar a Usina de Itaipu Binacional

Destinos de Viagem com bebê sem frescura

Vai para Foz do Iguaçu? Confira todas as opções de hospedagem na cidade:
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.