Close

Ah! O Rio de Janeiro! As notícias vindas de amigos e dos noticiários do Rio são de um início de ano bem típico: calor escaldante, sensação térmica “abraçando o sol” e um céu azul de dar inveja! Com um clima assim o primeiro pensamento é unânime: praia! No entanto, nem todo mundo gosta e também não dá para ir à praia todos os dias da semana. Pensando nisso, lembramos de um passeio bem agradável que pode ser feito como casal, com a família ou com os amigos: o Jardim Botânico.

jardim botânico -rio-de-janeiro-caminho-palmeiras-brasil

A fundação

O Jardim Botânico foi fundado em 1808 por D. João. Com o nome de Horto Real, o local tinha o objetivo de “aclimatar” espécies de plantas trazidas do Oriente. Jaqueira, abacateiro e até mangueira são exemplos de espécies que foram trazidas e cultivadas no país pela primeira vez no Jardim Botânico – RJ. A palmeira real, que hoje são quase um símbolo do Jardim, foram trazidas das Antilhas e plantadas aqui a mando do monarca português.

jardim botânico-rio-de-janeiro-brasil-visita

Em 1822, ano da independência,  o Jardim Botânico foi aberto ao público e hoje dá nome ao bairro que se desenvolveu ao seu redor.

O Passeio

Apesar de estar aberto a visitação do público, o Jardim Botânico não perdeu sua vocação para o estudo das espécies. Há diversos canteiros com espécies ameaçadas de extinção da Mata Atlântica e espaços específicos como o cactário, o orquidário, o bromeliário e a coleção de plantas medicinais.

jardim botânico -rio-de-janeiro-cactario-brasil

jardim-botanico-rio-de-janeiro-bromelias-bromeliario-brasil

Fontes, lagos e estátuas dão um toque mais pessoal ao lugar, que muitos cariocas usam como uma válvula de escape dentro da capital do estado. É comum ver famílias inteiras passeando pelo Jardim, mulheres com carrinhos de bebe transitando entre os caminhos de terra… Mas, infelizmente o Jardim Botânico não é visto como um refúgio para os cariocas assim como o Saint Stephen’s Green é para os moradores de Dublin. Só os moradores do próprio bairro parecem ter o costume de usar esse espaço com mais frequência.

Além de toda a área verde, dentro do espaço do Jardim Botânico há o Museu-Sítio Arqueológico Casa dos Pilões, o Museu do Meio Ambiente e ainda o Teatro Tom Jobim.

jardim-botanico-rio-de-janeiro-passeio-visita-lago-brasil

jardim botânico rio-de-janeiro-lago-visita-passeio-brasil

O Museu-Sítio Arqueológico Casa dos Pilões é um casarão, onde antes funcionou uma das unidades da antiga Real Fábrica de Pólvora (também fundada em 1808 por D. João para fortalecer o Rio de Janeiro). Lá é possível entender como funcionava a antiga fábrica e ver alguns objetos da época.

O Museu do Meio Ambiente já possui exposições temporárias, mas sempre com a proposta de abrir uma discussão entre crescimento e desenvolvimentos das cidades X impactos ao meio ambiente. Quando fomos a exposição foi montada também utilizando o espaço externo com grandes painés.

jardim-botanico-rio-de-janeiro-museu-meio-ambiente-brasil

Já o Teatro Tom Jobim tem sua programação própria, com peças que não necessariamente tenham a ver com a temática ambiental.

Como chegar?

Localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro, no bairro de mesmo nome, o Jardim Botânico pode ser mais complicado de se chegar do que o Forte do Leme ou o Pão de Açúcar. De metro, é preciso pegar a integração em direção à Gávea na estação de Botafogo. Para quem for de carro, há um estacionamento dentro do Jardim.

Preço do ingresso

Uma das coisas que distancia um pouco o público carioca do Jardim é o fato de que é preciso pagar para entrar. Crianças de até 7 anos e idosos acima de 60 não pagam, os demais pagam R$6 pela entrada.

jardim-botanico-rio-de-janeiro-caminho-palmeiras-brasil

O Jardim Botânico está aberto diariamente das 8h às 17h. Foi um dos últimos passeios que fizemos antes de embarcarmos para a Irlanda e, com certeza, será um dos primeiros locais que visitaremos após retornarmos ao Brasil. Afinal, com esse calor, nada melhor do que descansar à sombra de árvores centenárias ouvindo o canto dos pássaros.

jardim-botanico-rio-de-janeiro-brasil

Fiquem com mais fotos do local:

jardim-botanico-rio-de-janeiro-passeio-visita-brasil

jardim-botanico-rio-de-janeiro-visita-passeio-carioca-brasil

jardim-botanico-rio-de-janeiro-chafariz-caminho-passeio-brasil

jardim-botanico-rio-de-janeiro-brasil-rotas-cariocas-passeio

jardim botânico -rio-de-janeiro-caminho-palmeira-real-brasil


Gostou? Veja também:

Onde se hospedar no Rio de Janeiro – Dicas de bairros e hotéis

O que fazer no Rio de Janeiro – 51 boas ideias para você aproveitar a cidade

Parque Nacional do Grajaú – Rotas Cariocas

Parque da Cidade de Niterói – Rotas Cariocas

Forte do Leme – Rotas Cariocas 

Vai viajar? Reserve seu hotel pelo Booking!
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.