Close

Atendendo a pedidos, resolvemos postar como foi nosso Reveillon de 20012 para 2013 em São Thomé das Letras – MG. Primeiro, se você já conhece esse lugar, vai entender a curiosidade de todos quando nos perguntam “mas porque passar o ano novo lá?” e se vocês ainda não conhecem, vale conferir um pouco mais em: São Thomé das Letras: Um roteiro completo.

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, piramide, por do sol

Vivemos no Rio de Janeiro, um das cidades mais procuradas durante o período de Novembro a Fevereiro. Um dos picos no número de turistas na cidade ocorre justamente na virada do ano. A cidade torna-se tão lotada, mas tão lotada que é quase impossível fazer coisas simples como pegar o metrô ou mesmo um taxi.

Buscando fugir dessa atmosfera de cidade-turísmo, começamos a pensar em cidades calmas e tranquilas para passar o ano novo. Pesquisa vai, pesquisa vem e chegamos a São Thomé das Letras.

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias,

São Thomé fica a mais de 300km de distância do Rio de Janeiro, ou a 5 horas de viagem (de carro). No entanto, a distância era compensada pelo valor das pousadas. Os valores variam entre R$80 e R$120 a diária, dependendo da localização e dos serviços oferecidos como piscina e café da manhã.

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, mirante

Quem estiver no espírito de camping, em São Thomé tem até um espaço livre (não é preciso pagar) num gramado que fica em frente ao estádio de futebol da cidade e tem até uma placa indicando a área para as barracas (ao lado da estátua do ET com crash pad rsrs). Isso porque o espaço é bastante utilizado pelos escaladores que visitam a cidade para praticar boulders e algumas vias esportivas.

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, et

Tirando a vantagem financeira, aprendemos uma coisa em alguns anos de viagens: se é para sair do Rio de Janeiro em feriados, vá para bem longe. O motivo é simples, a Região dos Lagos é o principal destino dos cariocas e o trânsito para ir e voltar de lá torna qualquer viagem nessa época inviável.

São Thomé das Letras é um daqueles lugares que dá gosto de falar que você conheceu. Afinal, onde mais é possível encontrar lindas cachoeiras, montanhas desafiadoras e ETs? Sim! A cidade é conhecida como a cidade dos ETs. Não que algum já tenha pousado por lá, mas porque dizem que a energia da região é diferente.

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, et, artesanato

Além disso, São Thomé é uma cidade histórica e faz parte do roteiro da Estrada Real. Muitas construções são originais da época “de ouro” de Minas Gerais. Por sinal, a Estrada Real ainda é um roteiro que iremos fazer!

Feriado em São Thomé das Letras

Optamos por ficar em um lugar que era uma mistura de fazenda e pousada. Os chalés eram individuais com cozinha completa, rede e churrasqueira. Uma delícia para quem quer viajar a dois. No entanto, a tranquilidade que encontramos na pousada não era a mesma da cidade.

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, pousada

São Thomé, que possui aproximadamente sete mil habitantes estava lotada. As ruas antigas e estreitas não eram suficientes para a quantidade de carros. Para poder visitar uma cachoeira com tranquilidade era preciso acordar cedo e ir fazendo quase que um roteiro em direção a Sobradinho. Ainda havia um ônibus chamado “Transpororoca Tur” que simplesmente jogava turistas em todas as cachoeiras. A dica era esperar ele ir embora, pois como visitava vários pontos, ficava pouco tempo em cada.

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, piramide, por do sol

Com tanta gente na cidade a luz também caiu em dois dias e os preços saltaram nos mercados. Um shampoo que custa geralmente R$6 foi para R$11!

Mesmo com todos os contratempos valeu a pena. As cachoeiras são perfeitas para relaxar, pois as águas são rasas e o acesso bem fácil. A que mais nos surpreendeu foi a cachoeira de Sobradinho. Ela fica ao final da Gruta de mesmo nome. A travessia da Gruta é longa e exige uma lanterna e nenhum medo a morcegos (existem muitos morando lá). E no final encontramos essa cachoeira de águas cristalinas e funda.
Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, gruta, sobradinho

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, cachoeira, sobradinho

Outra imperdível é a Cachoeira de Antares. Como o acesso a ela é mais difícil, ela não fica tão lotada quanto às cachoeiras do Flávio, da Lua ou da Eubiose. Além disso, para chegar até ela é preciso passar por uma trilha de uns 15 minutos.

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, cachoeira, antares

Ponto importante: Apensar de todas as críticas a cachoeiras superlotadas, nós do blog queremos divulgar essas belezas a todos. Porém, é preciso conhecer com respeito! Durante essa viagem vimos muita gente largando copos e latas no meio das trilhas e em meio ao parque de preservação! Na cachoeiras do Flávio, por exemplo, já há uma barraquinha com churrasquinho em sua entrada e vendedores de artesanato praticamente junto à cachoeira (na da Lua eles estavam na porta deixando quem chegava no mínimo desconfortável com a insistência).

Brasil, minas gerais, são Thomé das letras, ano novo, Nikon d5000, viagem, férias, artesanato

Acho importante que o comércio aproveite a época, mas quem vai a uma cidade dessa quer fugir da correria das praias. É importante que comerciantes e turistas prezem pela preservação do local. Quem realmente gosta da natureza, a preserva.


Quer conhecer São Thomé das Letras? Confira as melhores opções de hotéis.
banner-booking

Sobre o autor

Carioca da gema, flamenguista, psicólogo e apaixonado por fotografia. Para ele, qualquer lugar é perfeito com céu azul, sol e uma cerveja gelada. Após dois anos morando em Dublin, é hora de retomar a vida no Brasil e desbravar cada cantinho do nosso país.