Close

Quando pensamos em Fernando de Noronha a primeira coisa que nos vem à cabeça é sua riquíssima vida marinha, com tartarugas, raias, moréias, tubarões e tantos outros animais marinhos que temos tão pouca chance de ver de perto em seu ambiente natural. Isso explica porque é inevitável visitar o arquipélago e pensar em fazer o famoso mergulho em Noronha.

Mesmo sempre na lista de passeios imperdíveis na ilha, confesso que nós pensamos em não fazer o mergulho em Noronha. Mas que bom que mudamos de ideia! Hoje podemos dizer por experiência próproia que o mergulho de cilindro é sim uma experiência pela qual vale fazer aquele sacrifício no orçamento (afinal, não é uma atividade barata) e se planejar para não perder (só é permitido fazer pelo menos 12 horas antes do seu voo).

Mas vamos detalhar todas as regras, valores e o tudo o mais que você precisa saber sobre mergulho em Noronha para você se convencer que realmente não pode perder essa experiência.

mergulho em noronha
Letreiro na Praia do Porto

Mergulho em Noronha – Onde estão os melhores pontos

Estar em Noronha já te coloca no melhor ponto de mergulho do Brasil e em um dos melhores do mundo! Noronha é considerado pelos mergulhadores profissionais como um dos melhores lugares para a prática do esporte, onde é possível ter grande visibilidade mesmo em até 50 metros de profundidade.

Mesmo no paraíso do mergulho, sempre existem os melhores lugares, certo? Na verdade em Noronha os pontos de mergulho são divididos mais em função da experiência do participante. Esses abaixo são os principais, mas existem pelo menos 24 pontos de mergulho:

Ponto
de Mergulho
Profundidade
Categoria
de Usuário
Navio do Porto
03 a 10m
Inexperiente
Morro de Fora
06 a 15m
Inexperiente
Laje dos 2 Irmãos
13 a 24m
Intermediário
Corveta V 17
42 a 63m
Avançado
Pedra da Sapata
43m
Avançado
Ponta da Sapata
14 a 27m
Intermediário
Navio do Leão
10m
Inexperiente
Iuias
08 a 24m
Avançado
Cabeço Submarino
04 a 20m
Intermediário
Ilha do Frade
10 a 23m
Intermediário
Pedras Secas
12 a 17m
Intermediário
Pontal do Norte
45m
Avançado
Buraco do Inferno
06 a 17m
Inexperiente
Cagarras
08 a 30m
Intermediário
Ressureta
06 a 13m
Inexperiente
Ilha do Meio
08 a 13m
Inexperiente

Nós nunca havíamos praticado mergulho de cilindro e optamos por fazer o passeio mais famoso da região: mergulhar na área do Porto indo até o navio naufragado.

mergulho em noronha
Parte do navio naufragado que hoje é o lar de muitos cardumes

Praia do Porto e Naufrágio

Existem pelo menos três navios naufragados nas águas de Noronha. A história real deles é que eram navios gregos que transportavam materiais de construção que foram ali implodidos para as companhias retirarem o dinheiro do seguro da carga. Sim, o velho o golpe do seguro. Na época, Noronha ainda não era uma área de proteção ambiental e muito menos tinha recebido ainda o título de Patrimônio Natural da Humanidade.

Mas se algo de bom pode ser tirado dessa história é que esses navios se tornaram grandes berçários marinhos e hoje um dos melhores pontos de mergulho para encontrar as mais diferentes espécies marinhas.

mergulho em noronha

Já tínhamos visitado a Praia do Porto e Bruno já tínha ido a nado com um guia até a região do naufrágio. Também fizemos o planasub (flutuação e snorkeling a reboque) sob essa mesma área em nosso passeio de barco e já tínhamos ficado encantados. Agora queríamos ver tudo bem de perto.

A agência de mergulho

As mesmas agências que oferecem passeios de barco, cuja grande maioria fica na Vila dos Remédios, também oferecem pacotes para mergulho de cilindro. Pela internet também não é difícil encontrar as empresas de mergulho e fazer uma reserva de passeio diretamente com eles. Vale apenas lembrar que os preços praticados online tendem a ser mais altos do que os negociados em dinheiro vivo na ilha.

Nós viajamos com nosso filho Bernardo (6 meses) e, por isso, não colocamos o mergulho como prioridade. Sabíamos que uma viagem com criança pode ter imprevistos e preferimos não deixar todos os 6 dias inteiros que  tínhamos em Noronha totalmente cheios. Queríamos deixar um dia coringa para quaisquer imprevistos.

mergulho em noronha
Acompanhando a raia sem assustá-la.

Felizmente, Bernardo ficou ótimo em todos os dias da viagem e conseguimos cumprir todo o nosso roteiro com folga. Assim no nosso dia 5 na ilha decidimos que iríamos fazer o passeio de barco e o mergulho de cilindro. Seria nossa última chance já que só é permitido mergulhar com pelos 12 horas de antecedência antes de voar.

Assim, fomos diretamente até a Praia do Porto e lá fomos de agência em agência conversando sobre o mergulho e decidimos fechar com a Sea Paradise.

Quanto custa o mergulho em Noronha

O valor do mergulho varia de acordo com o trajeto escolhido. Mesmo para o caso de batismos (quando é o primeiro mergulho da pessoa), há a opção de sair de barco e mergulhar já em mar aberto ou de sair da praia do Porto e chegar até o Naufrágio a nado.

Escolhemos essa opção até porque achamos que seria melhor ir sentindo a profundidade e a pressão aumentarem aos poucos. Pagamos R$250 por pessoa, valor do qual tivemos que deixar metade de reserva na agência, pois há um número limitado de participantes por hora.

mergulho em noronha

No caso de escolher fazer o mergulho em mar aberto saindo de barco, o preço pode chegar a R$450 por pessoa.

Como é o mergulho em Noronha

Aula teórica

Marcamos o mergulho para as 14h e 15h30 (logo depois do passeio de barco que já nos deixou na Praia do Porto). Dois horários, pois tínhamos que fazer um revezamento com nosso filho (assim como fizemos nas piscinas naturais do Atalaia). Eu iria na primeira bateria e depois que eu retornasse, Bruno iria.

Chegamos cedo e logo que o grupo todo que iria mergulhar se reuniu a instrutora começou as primeiras orientações. Ela que nos contou sobre a verdadeira história dos naufrágios, ela também explica sobre como equalizar a pressão nos ouvidos devido a profundidade, técnicas para resolver possíveis problemas com a máscara e todo o equipamento e também os principais sinais de comunicação uma vez embaixo d’água.

mergulho em noronha
Parte do maquinário do antigo navio.

Isso é muito importante, pois uma vez a 10m de profundidade não há como subir para dar uma palavrinha com seu instrutor. Além disso, os sinais não são usados apenas para problemas, mas também para mostrar os animais marinhos que estiverem próximos.

Uma coisa que a instrutora falou e eu vi na prática é que muitos dos problemas que ocorrem no fundo do mar podemos resolver sozinhos. A minha máscara encheu de água e quase saiu da minha cabeça algumas vezes e não precisei chamar meu instrutor ou subir à superfície para arrumar. Então prestem atenção à aulinha!

Equipamento

Após a aula teórica, os instrutores de mergulho se apresentam a seus participantes. Cada instrutor mergulha com até dois participantes. Ele é o seu guia durante todo o trajeto e o seu melhor amigo no fundo do mar.

É ele quem dá as orientações finais sobre o equipamento. Nesse momento a “aula” foi mais prática, uma vez que a gente já estava vestindo a roupa isolante própria de mergulhadores, calçando as nadadeiras, testando as máscaras e principalmente se familiarizando com a respiração em cilindro.

mergulho em noronha
Orientações finais sobre o equipamento de mergulho.

O peso do equipamento não é nada. A parte mais difícil com certeza é aprender a respirar pelo cilindro.

Já devidamente “vestidos para a ocasião” entramos na água e ali começamos o treino da respiração. É preciso respirar de maneira devagar e só puxar o ar quando o pulmão estiver completamente vazio. É algo que naturalmente não estamos acostumados a fazer e foi minha grande dificuldade.

Batismo

Fomos (cada um em sua bateria) com o instrutor Felipe. Já dentro d’água e fazendo o exercício de respiração e nado ele seguia fazendo sinais para saber se estava tudo bem, se podíamos seguir mar adentro.

Isso porque nos primeiros metros o instrutor puxa os participantes por meio de uma boia até que eles já se sintam seguros para nadarem sozinhos. Essa foi a grande diferença do Batismo de mergulho em Noronha dos que já havíamos visto em outros lugares. Em nosso Batismo o instrutor não ficou segurando nossa mão durante o mergulho. Ele nos deixava nadar livremente e só interferia quando nos distanciávamos da “rota”.

mergulho em noronha

Confesso que só soltei a boia quando vi que o rapaz que estava conosco já havia soltado e já nadava livremente. “Opa! Quero fazer isso também!” E lá fui eu!

Aos poucos vamos nos distanciando da praia e afundando cada vez mais. Dá para sentir na pressão sob os ouvidos e também para perceber já que mais e mais peixes se apresentam no caminho a medida que ficamos mais fundo.

Naufrágio

O ponto alto do mergulho em Noronha com certeza é visitar o Naufrágio. Ali já atingimos por volta dos 10m e foi lá que vimos a maior variedade e também quantidade de animais marinhos. É lindo perceber como um navio de carga se transformou eu um verdadeiro santuário para esses animais.

É tanta coisa para se ver que eu quase passo reto por essa raia gigante, não fosse o instrutor Felipe e o fotógrafo que nos acompanhava me mostrar.

mergulho em noronha
Raia gigantesca bem ali no meu lado e eu nem tinha visto.

Eles também mostram os melhores pontos para se ir, onde é possível entrar e ver de mais perto todos os peixes. Foi realmente uma experiência única. Relembrando agora, queria ter aproveitado mais. Cada vez que o Felipe ou o fotógrafo apontavam para mim para me mostrar alguma coisa eu começava a fazer todos os procedimentos de segurança achando que tinha feito algo errado.

Mergulho em Noronha é um passeio de contemplação. É para nadar devagar. Respirar pouco. Observar.

mergulho em noronha

mergulho em noronha

Movimentos bruscos só assustam os peixes e demais animais que ali habitam. Você está no mundo deles. É você que tem que se integram, se adaptar; quase se esconder.

Na hora de voltar, aquela tristeza de saber que aquela experiência está acabando, mas também uma sensação de renovação e superação.

mergulho em noronha

Gastos extras

Lindas essas fotos, né? A notícia ruim é que elas não são de graça. Caso você tenha uma GoPro, você pode descer com ela ou até alugar uma em uma das lojas no Porto que alugam equipamentos de mergulho. Mas quem usa essas câmeras sabe que a luminosidade influencia muito na qualidade da foto. Assim, já estávamos na chuva, bora nos molhar!

Contratamos o serviço do Gabriel que fotografa com um equipamento profissional e próprio para fotos em profundidade. Ele cobra R$150 por mergulho com fotos.

Ou seja, caso os dois participantes queiram fotos juntos (entregues também no mesmo pen drive ou DVD) só pagam R$150. Como eu e Bruno mergulhamos separadamente, tivemos que pagar R$150 por pessoa.

Dicas úteis para mergulho

  • Observe a tábua de marés e prefira mergulhar em maré ??
  • Sempre converse com a agência sobre flexibilidade de horários em caso de mudança do tempo e baixa visibilidade da água;
  • Informe ao seus instrutor antes de entrar na água em caso de qualquer dor de cabeça, dor de ouvido ou qualquer desconforto incial;
  • Se você usa óculos, informe-se com a agência antes de fechar o passeio se você pode fazer o mergulho ou não;
  • E divirta-se!

Quer ler mais sobre Fernando de Noronha? Confira também:

Praia do Sancho e Mirante Dois Irmãos – O melhor passeio de Noronha

Onde se hospedar em Fernando de Noronha – 80 opções de pousadas

Quanto custa viajar para Fernando de Noronha

Fernando de Noronha – Tudo o que você precisa saber antes de viajar

Vai para Fernando de Noronha? Confira todas as opções de hospedagem na ilha!
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.