Close

Ah! Recife! Depois que retornamos de nossa passagem pela capital pernambucana fico me perguntando porque demoramos tanto tempo para ir visitá-la. A cidade é alegre, colorida, tem muita comida boa e muitos outros atrativos que fazem com que todo brasileiro precise ir visitá-la ao menos uma vez na vida. Quer saber quais são? Nós listamos abaixo:

1 – Sol quase o ano inteiro

O Nordeste brasileiro não tem estações do ano tão marcantes quando o Sul e o Sudeste do Brasil. Embora eu considere que melhor época para se visitar Recife seja na Primavera, quando o calor ainda não é tanto e ainda não estamos em época de férias (alta temporada), é uma região que pode ser visitada o ano todo.

Entre março e agosto é considerada a estação mais úmida com alta incidência de chuva. Mesmo assim é comum que a temperatura ainda chegue a 27°C, com mínima de 21 °C.

2 – Culinária deliciosa

Cuscuz recheado, munguzá e tapioca no café da manhã. Suco de cajá, graviola e seriguela. E no almoço? Moqueca, Carne de Sol, Charque, Queijo coalho… De sobremesa? Cartola! Claro! Ah! Tem tanta coisa boa que precisaríamos de muitos artigos para descrever. A culinária nordestina é muito rica e saborosa. Outro ponto é que os pratos costumam vir muito bem servidos e com temperos bem marcantes. Você pode não gostar de uma coisa ou outra, mas é impossível não gostar de tudo o que o nordeste põe em nossas mesas.

motivos para visitar recife culinária de pernambuco

3 – Influência Holandesa na arquitetura

No século XVII os holandeses chegaram a Recife em busca das riquezas do Brasil (em especial, a cana de açúcar). Maurício de Nassau se tornou governador da região e implementou grandes melhorias na arquitetura da cidade, tendo levado paisagistas para melhorar a aparência da cidade. Hoje essa influência européia pode ser percebida na Fonte das Cinco Pontas, onde hoje funciona o Museu da Cidade do Recife e nas pontes da cidade, que podem ser vistas de um ângulo bem diferente pelo passeio de Catamarã que cruza os rios da cidade (R$50 por pessoa).

4 – É a capital do Frevo

Recife é a capital do Frevo e mesmo que você visite a cidade fora da época do Carnaval, é impossível não ouvir ou ver uma apresentação de Frevo seja no aeroporto, na rua ou mesmo no museu.

Para celebrar e contar a história do ritmo que virou referência da cidade, o Paço do Frevo foi criando. Trata-se de um museu interativo e muito bonito que convida o visitante a percorrer todos os aspectos que envolvem o ritmo. Valor do ingresso: R$8

motivos para visitar recife carnaval capital do frevo

5 – Recife Antigo – Centro Histórico animado dia e noite

E por falar em arquitetura o Centro Histórico de Recife ainda preserva muitas construções da época colonial. As ruas com calçadas feitas em pedras portuguesas lembram muito o Centro do Rio de Janeiro. As construções ainda guardam muito do colorido da época e à noite muitas ruas são “invadidas” por mesas e música de bares que animam o bairro.

6 – Artesanato mais rico da região

Outra característica marcante do Nordeste está em seu artesanato que revive os tempos do cangaço, o sofrimento e a garra do sertanejo e a alegria de um povo que sabe valorizar as coisas simples da vida. As namoradeiras, os bonecos de barro, os instrumentos musicais… O artesanato de Recife é muito rico e uma boa amostra de todo o talento dos artesãos da região pode ser encontrada no Centro de Artesanato de Pernambuco.

motivos para visitar recife artesanato

motivos para visitar recife centro de artesanato de pernambuco

7 – Francisco Brennand e Ricardo Brennand

Francisco Brennand é um artista plástico pernambucano responsável pelas obras no Parque das Esculturas e também por outras obras expostas na Oficina de Cerâmica, ambos espaços que levam seu nome. Ricardo Brennand, seu primo, é um empresário colecionador de obras que fundou o Instituto Brennand, onde mantém exposta uma rica coleção particular que inclui documentos históricos, armas e pinturas.

motivos para visitar recife parque das esculturas
Parque das Esculturas
motivos para visitar recife instituto ricardo brennand
Instituto Brennand

8 – É o lar do Galo da Madrugada

Recife é o lar do maior bloco de Carnaval do mundo: o Galo da Madrugada! Criado em 1978 a partir da reunião de amigos, o bloco foi crescendo e hoje atrai muito mais do que os moradores de Recife, como turistas do mundo todo. Tudo puxado ao som de muito frevo! O Palácio Enéas Freire é a sede oficial do bloco e durante o ano abriga exposições e oficinais culturais. Vale visitar!

motivos para visitar recife galo da madrugada carnaval

9 – O bairro da Boa Viagem

A orla da Boa Viagem ganhou má fama devido a casos de ataque de tubarões a banhistas. A construção do Porto de Suape é apontada como a grande vilã da história. Quando este foi construído lá nos anos 1970, o mangue foi aterrado e bocas de rio fechadas, lugares que antes eram usados para a desova. Com o “fechamento” dessa área, os animais migraram para mais perto das praias.

No entanto, a praia continua sendo muito bonita e ainda é possível tomar banho na parte rasa do mar; seu calçadão também é bem frequentado e seguro tanto de dia quanto de noite. Ao final da orla hoje há o Parque Dona Lindu e na Praça da Boa Viagem acontece a tradicional feira de artigos e culinária na região.

motivos para visitar recife praia da boa viagem

10 – A simpatia dos Pernambucanos

Não poderia deixar de falar da simpatia que é o povo Pernambucano. É um povo alegre e cheio de vida! Em nossa passagem por Recife só encontramos pessoas simpáticas e de bem com a vida. Nem quando o assunto era futebol (Quem ganhou o campeonato de 1987 mesmo? Sport ou Flamengo?) nosso anfitriões perdiam o jeito alegre de falar. Até o Ibis, o pior time do mundo é motivo de orgulho da cidade. Realmente, não dá para passar uma vida sem conhecer essa cidade, esses lugares e esse povo!


Quer ler mais sobre nossa viagem a Recife e Pernambuco? Veja também:

O que fazer no Recife – Roteiro completo para 1, 2 ou 3 dias

Fernando de Noronha – Tudo o que você precisa saber antes de viajar 

Mergulho nas piscinas naturais de Porto de Galinhas

Vai para Recife? Confira todas as opções de hospedagem na ilha!
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.