Close

A Vila do Boldró talvez não seja a mais conhecida de Fernando de Noronha quando o assunto é hospedagem, mas com certeza se você for esperto irá passar por ela algumas vezes durante a sua viagem. Isso porque a Praia do Boldró e o por do sol no Fortinho do Boldró são muito mais que paradas obrigatórias na ilha. É também na Vila do Boldró que fica a sede do Projeto Tamar em Noronha.  Ali vale a pena apertar o roteiro, esticar o dia na praia ou fazer o que for para conhecer todas as trações do Boldró.

Praia do Boldró

praia do Boldró em Fernando de Noronha
Praia do Boldró com o Morro da Conceição ao fundo e sua vegetação rasteira.

A Praia do Boldró curiosamente não está entre as praias mais famosas de Noronha. A faixa de areia é bem extensa e “larga”, possui árvores e muita vegetação rasteira que parecem abraçar a orla e quase nenhuma interferência humana.

Apenas o Bar do Gerson, em uma das extremidades da praia, é um lembrete de que a praia já foi “descoberta”. Como a maioria dos taxistas deixam os turistas ali, a orla em frente ao bar é o ponto que costuma ficar mais cheio da praia.

Por sinal, o bar foi montado em harmonia com a praia. Redes de descanso, cadeiras e mesas na grama e música ao vivo compõem esse cenário rústico e ao mesmo tempo encantador. No dia em que fomos na Praia do Boldró, o bar estava com um altar prontinho para um casamento que se realizaria ao entardecer. Lindo!

praia do Boldró em Fernando de Noronha
Bar do Gerson na praia do Boldró

O Bar do Gerson também aluga cadeiras de praia e barracas aos turistas e, sabendo que não tem sinal de telefone celular (nem das operadoras TIM e Claro) na Praia do Boldró, a dona se oferece para ligar para a central da Nortaxi pelo seu telefone fixo.

Um grande atrativo da Praia do Boldró é a sua vida marinha. A praia é muito “frequentada” pelas tartarugas marinhas, que também utilizam a praia para a desova.

Mas por que a Praia do Boldró não é tão famosa? Na verdade ela é sim muito famosa, só que entre os surfistas. Ela costuma ser a preferida dos surfistas que em época de maré alta fazem a festa com ondas de até 5 metros!

praia do Boldró em Fernando de Noronha
O outro lado da orla da praia do Boldró, com o Morro Dois Irmãos ao fundo.

Em época de mare seca é possível ver as muitas pedras que existem na água e que quase formam piscinas entre si, já na maré alta essas pedras não são mais visíveis e é preciso ter cuidado ao mergulhar. Por isso essa praia não é tão famosa quanto as praias do Sancho e Sueste, por exemplo.

Projeto Tamar e captura das tartarugas marinhas

O Projeto Tamar chegou em Noronha em 1984, mas foi em 1996 que foi inaugurado o Museu da Tartaruga aberto ao público em geral. Os centros de visitantes são parte importante do Projeto por fazerem parte do plano de conscientização da população local e turistas.

Seguindo a lógica do “é preciso conhecer para se importar” o Tamar também abre aos turistas a sua atividade de captura das tartarugas marinhas.  Duas vezes por semana os pesquisadores capturam tartarugas para monitorar os movimentos migratórios das espécies presentes no arquipélago e no Brasil e para levantar dados para sua preservação.

praia do Boldró em Fernando de Noronha
Tartarugas que vimos durante o snorkeling na Praia do Sueste.

Essa captura, que é aberta ao público, geralmente acontece às terças e quintas, às 15h. Assim como dependendo da época do ano o horário da captura é alterado para a parte da manhã, o local também pode variar. Tradicionalmente a captura era feita da Praia do Sueste, mas em outubro de 2017 (data da nossa viagem) ela estava sendo feita na Praia do Boldró.

Como é a captura das tartarugas marinhas?

Como falamos, o táxi costuma deixar no Bar do Gerson, mas a captura acontece alguns metros “voltando” pela praia. Os voluntários e pesquisadores do Tamar reúnem os visitantes numa roda na areia. Alguns deles mergulham e seguem na água até encontrar alguma tartaruga. Tudo é feito a céu aberto, então vá preparado para o sol. A captura na água também pode ser acompanhada, mas os pesquisadores alertam que não podem se responsabilizar pelas pessoas no mar.

praia do Boldró em Fernando de Noronha
Voluntária do Projeto Tamar explica sobre o trabalho feito nas praias de Noronha.

A tartaruga encontrada nesse dia ainda não havia sido “cadastrada”. Os pesquisadores e voluntários explicam sobre a espécie encontrada, mostram detalhes para que possamos identificá-la e finalmente colocam um grampo de identificação em suas patas. O grampo é colocado nas partes menos vascularizadas da tartaruga para que ela não sinta dor e contém um número de identificação. Dessa forma, se essa tartaruga for vista em qualquer outro lugar do Brasil ou do mundo (tartarugas identificadas no Brasil já foram encontradas até em países da África) os pesquisadores conseguiram coletar mais dados de movimentos migratórios e hábitos desse animal.

A tartaruga também é medida, pesada e tem mais alguns dados coletados até que finalmente é devolvida ao mar.

praia do Boldró em Fernando de Noronha captura das tartarugas marinhas Projeto Tamar
Como é a captura das tartarugas marinhas pelo Projeto Tamar.

Não há mínimo ou máximo de animais a serem “capturados”, depende principalmente das condições do mar, que nesse dia estava um pouco agitado.

Para saber ainda mais sobre as tartarugas marinhas e o trabalho do Tamar em Noronha, o Centro de Visitantes oferece todos os dias, às 20h, uma palestra com um tema diferente. A programação fica exposta na Praça Flamboyant, na Vila dos Remédios e também costuma estar afixada nas pousadas e restaurantes de Noronha.

Nós visitamos o Tamar em Florianópolis e foi muito legal, dessa vez não fomos porque a noite reservávamos para deixar o Bernardo descansar mais tempo na Pousada, mas com certeza iremos quando retornarmos à Noronha.

Tartaruga marinha projeto Tamar
Tartaruga que vimos no Centro de Visitantes do Projeto Tamar em Floripa.

Por do sol no Fortinho do Boldró

Fechando o dia de praia no Boldró, nada melhor do que encontrar aquele lugar para assistir ao por do sol mais perfeito da ilha: o por do sol do Fortinho do Boldró!

praia do Boldró em Fernando de Noronha por do sol Fortinho do Boldró
Mirante do Fortinho do Boldró. Lugares disputados para ver o por do sol.

Ao contrário do que se possa imaginar, o Fortinho do Boldró é um bar. Sim, um bar que se instaurou no topo de um morro onde já existiu uma fortificação real. O Forte de São Pedro do Boldró era um complexo de fortificações do século XVII. Na época o Forte só era acessível por uma ponte levadiça e possuía três grande barreiras de defesa.

Hoje, restam apenas ruínas que ainda podem ser encontradas principalmente em meio a grama alta. Mas o que tornou o lugar famoso não tem nada a ver com algo construído pelo homem. De lá se tem uma visão única do Morro do Pico e do Morro Dois Irmãos. Assim, mesmo com a destruição do Forte real não demorou ao lugar ganhar uma nova vocação.

praia do Boldró em Fernando de Noronha por do sol Fortinho do Boldró

O bar “Fortinho do Boldró” foi construído oferecendo algumas mesas e cadeiras e música ao vivo (de boa qualidade) aos visitantes.  Mas o espetáculo acontece mesmo em direção ao mar. Não tem para a concorrência, os olhos de todos os visitantes estão sempre fixos em uma só direção: ao por do sol.

Dicas gerais para curtir o por do sol

  • Chegue cedo para garantir um lugar legal, mas não monopolize o espaço. Lembre-se que a natureza está compartilhando esse momento com você, então compartilhe também com os outros. Tire suas fotos, mas não fique horas fazendo isso e estragando as fotos dos outros.
  • Mesmo em dias muito quentes, no alto do Fortinho costuma ventar muito. Vá preparado.
  • Use repelente! Noronha em geral tem muitos mosquitos a noite. Vale se proteger.
  • Quando o sol se põe a grande maioria das pessoas vai embora do Fortinho, se prepare para pedir o taxi antes para não encontrar a linha da central ocupada. Ou melhor ainda, faça amizade outras pessoas lá no Fortinho e proponha dividir a corrida. Todo mundo sai ganhando.
praia do Boldró em Fernando de Noronha por do sol Fortinho do Boldró
Cadê Bernardo? Olha ele aqui só para dar mais fofura a esse post 😉

praia do Boldró em Fernando de Noronha por do sol no Fortinho do Boldró


Quer ler mais sobre Fernando de Noronha? Confira também:

Fernando de Noronha – Tudo o que você precisa saber antes de viajar

Praia do Sancho e Mirante Dois Irmãos – O melhor passeio de Noronha

Praia do Sueste – Nadando com tubarões e tartarugas em Noronha

Vai para Fernando de Noronha? Confira todas as opções de hospedagem na ilha!
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.