Close

Porto de Galinhas é uma praia no município de Ipojuca, mas de tão bonita virou a grande referência na região. Também pudera! É lá que se localizam as famosas piscinas naturais de água cristalina e esverdeada e sempre com variados peixes que não parecem se importar com os humanos intrusos. Mergulhar nas piscinas naturais de Porto de Galinhas é uma experiencia incrível e com certeza é um passeio obrigatório na região.

Por que Porto de Galinhas?

A praia de Porto de Galinhas ganhou esse nome por ter sido durante muito tempo a principal porta de entrada ilegal de escravos na região Nordeste. Para fugir da fiscalização os escravos eram trazidos em navios como se fossem galinhas d’angola, sendo muitas vezes forçados a virem em engradados próprios do transporte das galinhas. Assim a região virou o “porto das galinhas”.

O tempo passou e a grande vocação de Porto de Galinhas se tornou o turismo, principalmente devido à beleza dos recifes e das piscinas naturais que ali se formam.

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada

Piscinas naturais de Porto de Galinhas

Saímos do Hotel Armação, onde ficamos hospedados durante nossa passagem por Porto de Galinhas, por volta das 10h quando fomos recebidos pelo Severino. Severino é motorista/guia turístico da Martur Turismo, agência de turismo receptivo que fez nosso transporte do aeroporto até o Armação e também nos levou em todos os passeios em Porto de Galinhas.

Já da areia da praia é possível avistar pertinho o enorme recife que emerge das águas e forma uma espécie de divisão da praia. É lá que se formam as famosas piscinas naturais da região. Além da beleza em si das piscinas, com sua cor de verde forte e riquíssima vida marinha, conhecê-las é sempre uma experiência única pois elas mudam de acordo com a época do ano em que forem visitadas e com a maré. Em determinadas épocas a maré está tão baixa que é possível chegar até os recifes até a pé!

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada

Mas se é difícil prever como serão as piscinas naturais de Porto de Galinhas, uma coisa é sempre certa: a beleza do lugar! As águas estão sempre cristalinas no ponto de ser fácil avistar os peixes mesmo de longe. As espécies que ficam represadas nos recifes são variadas e se alimentam ali mesmo dos recifes que as cercam.

Além de peixes, também encontramos muitos ouriços vivendo entre as rochas logo bem abaixo dos nossos pés.

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada
Ouriço vivo na minha mão!

Passeio de Jangada até as piscinas naturais

O passeio de jangada até as piscinas naturais é o mais tradicional de Porto de Galinhas e região. O que começou como uma forma rápida e prática de transporte dos visitantes até o recife se tornou um passeio turístico a parte, onde o jangadeiro consegue levar os visitantes exatamente nos melhores lugares para se ver os peixes e para mergulhar, claro.

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada
Nós na jangada com o Bernardo

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada

O passeio é contratado na Praça das Piscinas Naturais de Porto de Galinhas e custa R$25 por pessoa. Cada jangada pode levar até 6 pessoas, incluindo crianças. Embora o passeio seja muito seguro e tranquilo, caso as mamães se sintam melhor, para os pequenos há até colete salva-vidas disponível nas jangadas. Fomos com nosso filho Bernardo sentando em meu colo na ida e na volta sentamos todos no chão da jangada, que quase não balançava e navegava num ritmo bem devagar. Ótimo para apreciar a vida marinha que circundava o barco.

A travessia inicial é bem rápida e em menos de 10 minutos já estávamos desembarcando no gigantesco recife. Para a preservação do mesmo, é preciso sempre respeitar o caminho delimitado por cordas. Esse caminho não é fixo e é definido por biólogos da região. Essa ação mantém cerca de 90% do recife ainda preservado e vivo.

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada

O jangadeiro desembarca com os visitantes e vai mostrando as melhores piscinas. O nosso também nos deu alguns biscoitinhos (ração para peixe) para alimentarmos alguns peixes e assim fazê-los chegar mais perto. Mas nem era necessário. A água é muito clara e é fácil ver os peixes e acostumados com pessoas eles já se aproximam cada vez que nos abaixávamos em frente a uma das piscinas.

Nessa parte do passeio não há mergulho, somente a apreciação da vida marinha e das formações das piscinas de fora mesmo. Todo o caminho é feito andando sob o recife, portanto, vá calçado. Use chinelos ou aquelas sapatilhas próprias de praia.

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada

Após uma volta entre as piscinas menores, voltamos à jangada e 5 minutos depois já estávamos em uma área para mergulho. Nessa piscina maior pudemos descer e mergulhar junto aos peixes que tanto admiramos momentos antes.

Levamos nossas máscaras de mergulho e snorkel, mas os jangadeiros também oferecem esse material, assim como o colete salva-vidas para fazer flutuação.

Nessa parada existem fotógrafos com câmeras subaquáticas profissionais oferecendo fotos com as grandes atrações do lugar: os peixes! Claro que uma foto profissional sempre é melhor, mas os peixes são tantos que qualquer celular com capa de proteção já consegue tirar fotos maravilhosas.

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada
Parada para o mergulho com os peixes

Outro truque é usar de novo os biscoitinhos (os que os jangadeiros oferecem, nada de Fandangos ou coisa assim!) para atraí-los e mantê-los por mais tempo por perto. Nós tentamos fazer isso, mas Bernardo batia na água tentando pegar os peixinhos e eles acabavam fugindo…

Mesmo assim o clima estava ótimo, com sol lindo e forte e todos nós nos divertimos bastante durante todo o passeio. A segunda parada é a melhor parte, principalmente para quem está com crianças.  É o momento de relaxar e de mostrar a elas o quanto a natureza é bonita se soubermos como preservá-la.

piscinas naturais de porto de galinhas passeio de jangada

Resumo informações úteis

Preço do passeio:

R$ 25 por pessoa (viagem feita em outubro de 2017). O preço é tabelado e praticado por todos os jangadeiros. Não se preocupe em pesquisar, pois todos fazem parte da mesma Associação.

Onde contratar:

Na cabine dos jangadeiros na própria Praça das Piscinas, em frente à Praia de Porto de Galinhas.

Duração do passeio de jangada:

O passeio dura aproximadamente 40 minutos no total.

Melhor horário

O passeio de jangada até as piscinas naturais de Porto de Galinhas deve ser feito pela manhã para aproveitar a maré ainda baixa. Nós chegamos por volta das 10h30 porque a tábua de mares indicava que nesse dia a maré iria bater 0.2 às 11h. O ideal é sempre fazer o passeio com a maré inferior a 0.5.

Assim, antes de decidir o horário e fechar seu roteiro de viagem, consulte a tábua de marés da Marinha do Brasil.

passeio de jangada piscinas naturais de porto de galinhas


Passamos dois dias em Porto de Galinhas a convite da Martur Turismo e da Associação de Hotéis de Porto de Galinhas. Agradecemos a todos os envolvidos pela recepção e apoio ao nosso trabalho


Quer saber mais sobre nossa viagem com bebê por Pernambuco? Veja também:

Hotel Armação em Porto de Galinhas – Diversão para os pequenos e conforto para os pais

O que fazer no Recife – Roteiro completo para 1, 2 ou 3 dias

Viajar com bebê de avião – O que esperar e como evitar apertos

Vai para Porto de Galinhas? Confira todas as opções de hospedagem na ilha!
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.