Close

Não importa para que lugar do mundo você esteja indo viajar, todas as cidades possuem passeios que podemos considerar bem “clichés”, aqueles que de cara já te fazem lembrar do lugar onde você está e  muita gente jura que são imperdíveis… Embora nem sempre sejam.

Em Paris, podemos falar da Torre Eiffel, em Londres do Big Ben e em Roma do Coliseu. Esses são exemplos de alguns passeios clichés que ainda valem a pena; já o Manneken Piss não faz a menor falta em um roteiro por Bruxelas.

Numa cidade como o Rio de Janeiro o que não faltam são dicas do que fazer e o que não fazer por aqui. E em meio a tantas sugestões resolvemos listar os passeios “cliché” que valem sim a pena fazer. Afinal, não é porque faz parte dos “favoritos do turistão” que é de todo o ruim.

1 – Visitar o Cristo Redentor

Em primeiro lugar, claro que é ele! A estátua do Cristo é o símbolo internacional do Rio de Janeiro. É uma das 7 maravilhas do mundo moderno e o monumento mais procurado/visitado da cidade. É o passeio mais “clichê” do Rio, mas vale ser visitado nem que seja uma vez na vida.

Só a estátua (e o pedestal) tem 38m de altura e ficam no topo do Morro do Corcovado que por sua vez tem 709m acima do nível do mar! Tudo é grandioso por lá a começar pela vista única da cidade.

A forma mais prática de subir até o Cristo Redentor é usando as vans da Paineiras Corcovado. Existem vários pontos de venda e saída das vans espalhados pela cidade (da Barra da Tijuca até o Largo do Machado). O preço varia de R$37 para idosos e moradores do Rio de Janeiro a R$70 para turistas adultos.

o que fazer no rio cristo redentor corcovado
Cristo Redentor sempre cheio. Foto: Shutterstock

2 – Ir às praias de Copacabana e Ipanema

As praias mais famosas do Rio de Janeiro, imortalizadas em músicas e em tantos filmes e novelas sempre figuram na lista de coisas imperdíveis para se fazer na cidade. Com o passar do tempo os bairros mudaram muito de cara e, para ser sincera, se tornaram bem turísticos com preços e custo de vida bem alto. Mas uma coisa não mudou: a beleza das praias.

ipanema-onde-ficar-rio-de-janeiro

Vale a pena sim conhecer esses dois ícones do Rio. Só dê sempre preferência por ir cedo à praia para pegar um bom lugar na areia.

Mais praias do Rio em 10 praias do Rio de Janeiro que justificam o nome “cidade maravilhosa”.

3 – Bondinho do Pão de Açúcar

Esse é dos nossos passeios prediletos pelo Rio de Janeiro. Em 2016 o Bondinho completou 104 anos e ainda assim é um dos passeios mais legais do Rio. Isso porque ele não se resume a andar num teleférico, mas por toda a paisagem que tornam o topo do Morro da Urca e do Pão de Açúcar tão especiais.

De lá, é possível ter uma visa quase 360° das praias da Baía de Guanabara e até ver um pouco de Niterói. É um visual lindo cercado de verde e mar.

o que fazer no rio de janeiro bondinho

O ingresso para o Bondinho custa entre R$38 e R$76, mas também é possível chegar até o topo do Morro da Urca via uma trilha bem leve de 20 minutos.

Mais do Bondinho em Bondinho do Pão de Açúcar – Tudo sobre esse passeio imperdível no Rio e Trilha do Pão de Açúcar (Morro da Urca) – Rotas Cariocas.

4 – Noite na Lapa

Agora vamos falar da noite. A Lapa ainda é o bairro mais boêmio do Rio e onde diferentes tribos e ritmos se encontram. Pertinho do Centro é o lugar do happy-hour, do forró, do funk, da roda de samba e até do rock. Aos sábados, barraquinhas invadem os famosos Arcos por onde o antigo Bonde passava e o clima de festa se estende dos bares até as calçadas.

Vale conhecer a vida noturna do bairro, assistir a um show no tradicional Circo Voador e ainda voltar durante o dia para ver de perto a Escadaria Selarón, que fica ainda mais incrível com a luz do dia.

o que fazer no rio escadaria selaron lapa
Raríssimo momento em que a escadaria Selarón estava totalmente vazia! Foto: Shutterstock

5 – Pôr do sol no Arpoador

O por do sol por si só sempre é um espetáculo da natureza e se tem um lugar perfeito no Rio para assisti-lo esse lugar é a Pedra do Arpoador.

Depois de curtir a praia num belo dia de sol os cariocas se dirigem para o topo da pedra para ver o sol se por atrás do Morro Dois Irmãos. O espetáculo é democrático, não custa nada e ainda é digno de aplausos.

o que fazer no rio por do sol arpoador

6 – Bonde de Santa Teresa

O bonde de Santa Teresa nunca foi um mero ponto turístico, ele é antes de tudo um meio de transporte para os moradores do bairro. O seu charme está no que seria um problema, os modelos dos bondes são bem antigos. Eles ficaram paralisados por um bom tempo devido a um acidente, mas voltaram a circular em 2016.

Vale a pena andar despretensiosamente pelo bairro, entrar nas pequenas lojas de artesanato, conhecer o Parque das Ruínas e descobrir os bares e restaurantes que se escondem a cada esquina e, para quem vem de fora, se hospedar alguns dias por lá também.

o que fazer no rio bonde de santa teresa
Grafite nas ruas de Santa Teresa. O bonde faz parte do dia a dia dos moradores.

7 – Cerveja na mureta da Urca

O bairro da Urca é como uma moldura para o Rio de Janeiro. Para todo lado que se olha, encontra-se uma paisagem incrível. E nada melhor do que aproveitar bons aperitivos como pastéis e empadas com cerveja para o visual ficar ainda melhor.

O que começou como uma forma de driblar a falta de espaço nos bares se tornou uma grande tradição entre os cariocas. As pessoas compram a cerveja e aperitivos e levam para comer sentados na mureta de frente para o Cristo Redentor. Hoje o Bar Urca, o mais tradicional da área, já conta com um segundo andar com mesas e ar-condicionado. Mas o cantinho mais cobiçado continua sendo a mureta.

o que fazer no rio por do sol mureta urca
Por do sol visto da mureta da Urca.

o que fazer no rio mureta urca

8 – Lanche na Confeitaria Colombo

Com mais de 120 anos de idade, a Confeitaria Colombo ainda continua como um grande ícone do Centro do Rio de Janeiro. Ela é um símbolo, uma lembrança de tempos mais “áureos” na cidade e se tornou patrimônio cultural e artístico da cidade.

Hoje já existem outras “filiais” da Confeitaria como a do Forte de Copacabana, que em nada deve às delícias servidas no Centro. Mas o charme de um lanche da tarde é justamente poder circular naquele salão tradicional que já viu tanta  história acontecer. Prepare o bolso porque os preços também acompanham o requinte da decoração.

o que fazer no rio confeitaria colombo
Confeitaria Colombo do Centro. Foto: Shutterstock

9 – Ensaio de Escola de Samba

Não tem jeito. Rio lembra samba, Carnaval… E não tem nada de errado nisso. Somos também a terra da festa mais animada do mundo e com orgulho! Para quem visita a cidade já em janeiro não vão faltar oportunidades de acompanhar os ensaios dos blocos que durante o Carnaval tomam conta da cidade ou visitar um dos ensaios abertos nas quadras das Escolas de Samba.

Escolha a mais perto de seu hotel ou casa e vá porque é clichê também , mas vale a pena! E se ainda não for época de Carnaval, na Lapa tem vários bares com roda de samba. O queridinho dos turistas  é o Rio Scenarium, com uma decoração retrô, drinks de qualidade e sempre uma boa apresentação musical.

carnaval-no-rio-de-janeiro-blocos

Mais sobre como é o Carnaval no Rio em Carnaval no Rio de Janeiro – Onde a zoeira não tem fim.

10 – Assistir a um jogo no Maracanã

Não é preciso gostar de futebol para saber apreciar a importância do Maracanã para o Rio. O estádio praticamente moldou o comportamento dos moradores dos bairros da redondeza que se acostumaram a fazer o combo: jogo de futebol + cerveja na Praça Varnhagem.

O clima é sempre de boêmia e ultimamente de muita segurança. Além de sediar jogos de futebol e voleibol (no Maracanãzinho), o lugar se tornou ponto de encontro para a galera que quer se exercitar e mora longe da praia. Para quem não quiser visitá-lo a noite, a dica é ir até o Museu do Futebol e fazer um mini-tour pelo gramado, só para sentir a grandiosidade do estádio.

riodejaneiro-carioca-marcana-varnhagem


Quer ler mais sobre a cidade maravilhosa? Veja também:

Onde se hospedar no Rio de Janeiro – Dicas de bairros e hotéis

O que fazer no Rio de Janeiro – 51 boas ideias para você aproveitar a cidade

10 dicas no Rio de Janeiro que vão fazer de você um verdadeiro carioca

A nova cara do Rio – Praça Mauá, Museu do Amanhã e a Moderna Zona Portuária

10 praias no Rio de Janeiro que justificam o nome “cidade maravilhosa”

Vai para o Rio de Janeiro no Carnaval? Confira aqui opções de hospedagem na cidade:

banner-booking

 

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.

  • Vera Carvalho

    Vcs são dezzzz! Adorei as dicas. ??

  • Fabiana Olivieri

    Adorei o post. Ha sempre muito o que fazer no RJ. Show.

  • Guilherme Hoefelmann

    Concordo com TUDO! Principalmente com a cerveja no muro da Urca! hahaha Ótimo post!

  • Mirella Matthiesen

    Ai que tudo … acredita que ainda não fiz metade dessas coisas “cliches” do Rio!!!
    Preciso voltar urgente, minha ultima visita foi em 2004!!! Muuuuuuito tempo 🙂

  • Carolina Belo

    Realmente, todos muito clichês!!! Eu “pulo” alguns (escola de samba e Lapa), he he he… Parabéns pelo post!
    Abraços
    Carolina

  • Fábio Ayub Brasil

    Adorei as dicas!! Como eu sou uma pessoa boêmia, adorei a número 7 rsrs Estamos precisando ir ao Rio! 😉

  • Ana Carolina Vasconcellos Mira

    Jéssica adorei as dicas! Assistir ao por do sol no Arpoador deve ser incrível! Adorei sua lista de passeios!

  • Dayana

    Cada passeio realmente vale a pena! Só diria mais duas coisas: levar o mínimo para as praias, por conta dos trombadinhas, e tentar agendar o chá na Colombo. Fomos um dia e ficamos a ver navios, porque esse chá da tarde é concorridérrimo!

  • Aline Laudelina Pires

    Como uma Carioca apaixonada pela Cidade Maravilhosa, amei o TOP 10! Acredita que nunca andei de Bondinho em Santa Tereza? Preciso resolver isso logo kkk