займ онлайнкредиты онлайн
Close
Praia-do-Aventureiro-Ilha-Grande

O Rio de Janeiro tá bombando! Também pudera, a cidade está recheada de atrações devido às Olimpíadas Rio 2016 e à enxurrada de turistas que logo desembarcam por aqui. No entanto, vale a pena separar uns dias a mais na cidade maravilhosa para curtir o que as suas “vizinhas” tem a oferecer. E acreditem, tem muuuuita coisa legal para fazer em bate e voltas que pode ser de uma dia ou até horas.

Se você está vindo ao Rio a turismo, vale a pena dar um pulinho nesses lugares; e se você já mora no Rio e quer aproveitar os feriados e férias para fugir da cidade nessa época, também fica a dica de 10 lugares imperdíveis para você fazer um bate e volta saindo do Rio.

Para facilitar a sua escolha, organizamos os destinos em ordem de proximidade com o Rio de Janeiro. Assim, você escolhe o que for mais prático para você visitar de acordo também com o tempo disponível.

1 – Niterói (12 km do Rio)

Museu de Arte Contemporane de Niteroi Orcar Niemeyer

Nikity City! Sou suspeita para falar dessa cidade linda e de gente simpática, afinal, nasci e cresci lá, mas uma olhada rápida em todos os seus atrativos e é impossível não concordar que se trata de uma cidade apaixonante.

Para quem curte arquitetura e arte, o Museu de Arte Contemporânea, o Teatro Popular e todo o Caminho Niemeyer já são motivos de sobra para um pulo na cidade. Já para os amantes de aventura, as região oceânica, em especial Itacoatiara, possui ótimas opções trilhas como a do Costão de Itacoatiara e da Pedra do Elefante.

E, é claro as praias da região oceânica de Niterói dispensam apresentação, sendo limpas, com faixa de areia bem extensa e absolutamente lindas!

Niteroi-itacoatiara-itaquatiara-onde-ficar-hostel-itaquahouse-praia

2 – Ilha de Paquetá (17 km do Rio)

Paquetá imortalizada no romance A Moreninha, ficou durante muito tempo esquecida, fora dos roteiros turísticos do Rio. Mas essa pequena ilha é uma ótima opção para quem busca acima de tudo descanso. A ilha possui várias praias, mas o destaque fica para a trilha do Morro do Vigário que leva a um mirante com uma vista única.

ilha de paqueta - shutterstock
Ilha de Paquetá – Foto: Shutterstock

3 – Petrópolis (65 km saindo do Rio)

parnaso cachoeiras circuito das bromelias primatas trilha petropolis

Saindo das praias e direto para a região serrana do Rio de Janeiro, chegamos na cidade imperial. Petrópolis possui um clima bem mais frio que o Rio de Janeiro e isso somado às deliciosas cervejas artesanais que são produzidas na região e a arquitetura da cidade foram um cenário completamente diferente da cidade maravilhosa.

Além do roteiro histórico-cultural com o Museu Imperial, a Catedral de São Pedro de Alcântara e da Casa de Santos Dumont, Petrópolis também tem seu lado aventura com as várias trilhas que cortam o Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

4 – Ilha Grande ( + de 125 km saindo do Rio)

coqueiro-torto-praia-aventureiro-ilha-grande-angra

Ilha Grande é um verdadeiro paraíso natural com áreas ainda totalmente preservadas. Por ser uma ilha, é preciso seguir até Angra dos Reis, Conceição de Jacareí ou Mangaratiba para de lá pegar um barco até a ilha.

A região mais procurada é a Vila de Abraão, de onde é possível fazer tours que levam até a praia de Lopes Mendes (praia que sempre figura entre as mais bonitas do Brasil), às Lagoas Azul e Verde. Também é possível ir de trilha até a praia de Caxadaço e até a praia de Dois Rios.

Já para visitar a Praia do Aventureiro, somente com autorização da prefeitura de Angra dos Reis. A região faz parte de uma área de preservação ambiental e pouquíssimas propriedades são permitidas. É mais indicado para quem curte acampar e acima de tudo, muuuito sossego. Vale a pena passar pelo menos dois dias.

5 – Sana (160 km saindo do Rio)

sana cachoeira sete quedas

Sana é um distrito de Macaé que foi decretado como área de proteção ambiental. Também é um bate e volta indicado para quem busca tranquilidade e sossego.

A área conta com várias cachoeiras para toda a família. A cachoeira do escorrega é diversão garantida para crianças, já os mais aventureiros podem se desafiar saltando das cachoeiras do Pai e da Mãe. Para quem só quer relaxar, a cachoeira das Sete Quedas é a melhor opção.

A trilha até o Pico do Peito do Pombo é um ótima opção de caminhada e com um visual e tirar o fôlego. Vale a pena um bate e volta de pelo menos uns dois dias.

6 – Arraial do Cabo (164 km saindo do Rio)

Passeio de barco em Arraial do cabo ilha do farol

Esse é um dos nossos bate e volta favoritos saindo do Rio de Janeiro. Arraial fica na região de lagos e é conhecida como o Caribe Brasileiro. E acreditem o título é merecido. As águas das praias são incrivelmente límpidas num azul tom turquesa que impressiona a todos.

A Praia Grande é a mais famosa com uma orla bem estruturada e a água mais límpida de todas, mas bem gelada.  A Prainha e as praias do Pontal do Atalaia são mais familiares. Já para chegar à praia do Forno é preciso passar por um pequena trilha, mas vale muito a pena. Destaque maior para a Praia do Farol, uma unidade de preservação sob responsabilidade da Marinha  onde só é possível chegar por barco. A areia branca e as águas claras e limpas renderam à praia o título de “mais perfeita do Brasil”.

Outro lugar imperdível em Arraial é o por do sol do Pontal do Atalaia, um verdadeiro espetáculo da natureza. Não fique menos de dois dias aqui.

7 – Búzios (175 km a Rio )

buzios-orla-birgitte-bardott-estatua-rio-de-janeiro

Ainda na região dos lagos, Búzios é a grande queridinha dos estrangeiros que vem visitar o Rio de Janeiro. Pertinho de Arraial está Armação de Búzios. Enquanto Arraial ainda conserva uma cara de cidade mais simples, em Búzios encontra-se as boates mais concorridas e lojas de grife.

As praias mais uma vez são o grande destaque da região.  As praias de Geribá, da Ferradura, Ferradurinha e Brava são as mais bonitas dentre as mais conhecidas. As praias do Forno e da Foca são um pouco mais escondidas e o acesso é um pouco mais difícil, mas com certeza vale a pena visitá-las.

A noite em Búzios também não decepciona com vários bares e restaurantes interessantes na região do Porto de Maguinhos e na famosa Rua das Pedras. Não fique menos que um fim de semana.

 8 – Penedo (177 km saindo do Rio)

DCIM108GOPRO

Mais para quem gosta de cachoeiras! Penedo é um lugar que mexe principalmente com o paladar. É difícil pensar em Penedo e não lembrar das fábricas de chocolate, nas mil variedades de pratos feitos com truta e nos licores que aquecem o frio da região.

Mas Penedo também tem cachoeiras e trilhas para os aventureiros e é um cenário perfeito para curtir um final de semana a dois. É lá que está a casa do Papai Noel e a pequena Finlândia para fazer a alegria das crianças. Também é um bate e volta de dois dias.

9 – Visconde de Mauá (185 km saindo do Rio)

DCIM108GOPRO

Pertinho de Penedo está Visconde de Mauá. O distrito de Resende também é rico em cachoeiras e trilhas e é destino de bate e volta ideal para quem busca um contato com a natureza, sossego e tranquilidade.

Assim como Penedo, é um destino mais romântico com o clima mais ameno e pousadas chalé com um charme especial. Entre Mauá e Penedo fica a Serrinha do Alambari, uma grande área de preservação ambiental que guarda as cachoeiras mais bonitas de toda a região.

10 – Paraty (258 km saindo do Rio)

Paraty é um bate e volta tando para quem sai do Rio quanto de São Paulo. A cidade é praiana, mas tem muito mais atrativos que seu litoral. Paraty tem todo um charme especial com suas casas coloniais bem coloridas, ruas estreitas de pedra e é palco de muitos festivais ao longo do ano.

paraty-shutterstock
Paraty – Foto: Shutterstock

Ali pertinho fica Trindade, uma antiga vila dos pescadores onde as crianças ainda brincam na rua e as praias são limpas. Por sinal, para as praias mais bonitas, vá a Trindade e depois curta a tarde e noite na mais agitada Paraty (confira nossa dica de roteiro em O que fazer em Paraty).


Para mais dicas de roteiros pelo Rio de Janeiro veja nossa coluna Rotas Cariocas.

Confira também as listas:

Onde se hospedar no Rio de Janeiro – Dicas de bairros e hotéis

10 dicas no Rio de Janeiro que vão fazer de você um verdadeiro carioca

5 motivos para viajar em casal

4 verdades sobre ser brasileiro no exterior

Veja aqui opções de hospedagem no Rio de Janeiro para todos os bolsos:

banner-booking

 

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.

  • Que legal o post, adorei. O legal é que alguns desses destinos ainda funcionam como viagens rápidas para quem mora em SP. Mas ainda tem alguns dessa lista que eu preciso conhecer.

    • Jessica Veneravel

      Valeu Fabio! Sim! Acho que em Paraty tem até mais paulisras visitando do que cariocas 😀
      Quando vcs vierem ao Rio a gente marca um bate e volta desses. Bjs

  • que lindeza esse post, já favoritei! agora quando for pro rio já sei onde passar (arraial e penedo tão na lista faz tempooo)!

    • Jessica Veneravel

      Oi Angie! Obrigada! Ta na hora de colocar essa lista em prática, hein! Vem que a gente faz um tour no estilo sem frescura 🙂 bjs!

  • Adorei. Sou louca pra conhecer Visconde de Mauá.

    • Jessica Veneravel

      Valeu Dalila! 😀 Mauá tem cachoeiras lindas. Vc vai amar! Bjs

  • Fernanda Thomaz

    É possível fazer um bate volta (um dia) no Arraial do Cabo, saindo de Ipanema? ABS.

    • Oi Fernanda, é possível sim. Nesse caso recomendo sair bem cedinho do Rio para chegar por volta das 8:30 em Arraial do Cabo e já aproveitar uma praia na parte da manhã. Na parte da tarde, o ideal é fazer um passeio de barco. Dê uma olhada no blog que nós temos muitos artigos sobre Arraial do Cabo =)

      • Fernanda Thomaz

        Bruno, muito obrigada pelo retorno. Estou lendo o blog e adorando as dicas rsrs…
        Tenho só mais uma dúvida, isto é possível de ônibus? Digo, saindo da rodoviária para arraial do cabo? É próximo das praias? Obrigada novamente.