Close

Dinheiro pode não trazer felicidade, mas que ele dá aquela ajuda isso ninguém discute. E considerando que ele anda em falta no momento no bolso de todo mundo, muitas vezes é o sonho da viagem que acaba sendo sacrificado em nome de outras coisas. Ainda mais quando o sonho é conhecer cidades como Londres, Paris ou Veneza – todas conhecidas pelos preços altos para bolsos brasileiros.  Nesse post vamos dar dicas básicas de com driblar os preços e viajar barato por cidades caras. Tudo para que você não precise abrir mão do seu sonho.

Dicas para viajar barato:

1 – Escolha bem a data da viagem

Saiba usar o calendário a seu favor e escolha épocas mais baratas para viajar. Isso quer dizer fugir de alta temporada e feriados. Essas são as épocas mais caras para se viajar.

No caso de uma viagem pela Europa, procure passagens para duas semanas antes ou duas semanas depois do verão, que é a estação mais cara. Você ainda conseguirá pegar um clima agradável, mas pagando menos pelas passagens.

Se o seu destino não for de praia ou se você o não importar com a temperatura, viaje na baixa temporada. Nós visitamos Paris em janeiro, ou seja, já haviam passado todos os feriados e era alto inverno. As passagens estavam em promoção, fomos e não nos arrependemos. A cidade continuava linda e como grande parte dos passeios que fizemos foi por museus (ambientes fechados e com aquecimento), o frio não fez diferença e ainda deu um glamour para nossas fotos de viagem.

Museu do Louvre em Paris viajar barato
Inverno em Paris, barato e nada ruim.

2 – Use escalas, aeroportos mais longe e horários a noite

Muitas pessoas erram ao planejar uma viagem considerando apenas a saída de um X e a chegada no lugar Y. Vou dar um exemplo prático: nossa viagem para a Grécia.

Já estávamos em Dublin, mas mesmo assim as passagens para Atenas estavam bem caras, principalmente porque esse é um destino que é preciso ser visitado no verão. Nossa opção foi então comprar passagens para Bruxelas, Bélgica e de lá entrar na Grécia pela ilha de Zakynthos. Amigos que mais tarde conhecemos no avião, também fizeram isso. Um casal saiu de Portugal e um rapaz saiu da França para a Bélgica pelos mesmos motivos.

Para quem pretende fazer uma Eurotrip e incluir vários destinos de uma só vez, a dica é levar pouca bagagem e abusar das empresas aéreas low-cost, que geralmente desembarcam em aeroportos fora do centro das cidades, mas em compensação os preços são bem mais acessíveis (já conseguimos passagens por €5!!!). Mais detalhes sobre as low-cost aqui.

Outra opção é usar ônibus de empresas como a megabus para viajar entre um país e outro. Fizemos isso saindo de Bruxelas até Amsterdam e tentamos fazer o mesmo saindo de Roma para Veneza. Nesse último, a passagem estava marcada para as 1h da manhã e custou apenas (£ 3).

ryanair voos pela europa viajar barato
Ryanair e EasyJet são as maiores empresas aéreas de baixo custo.

3 – Ande! Use transportes públicos e evite taxi sem necessidade

É verdade que viagem são férias e que você provavelmente não quer se cansar, mas acredite, aquele dinheirinho de nada gasto com um ônibus pode fazer diferença no orçamento final.

Com raras exceções, como na chegada em Marrakech, nunca pegamos taxi e usamos e abusamos de trens e ônibus para sair do aeroporto. Já no hotel, sempre tiramos as dúvidas sobre transporte com a recepção e procuramos fazer a maior parte dos caminhos a pé.

Em Londres, passamos o primeiro dia inteiro andando. Saímos do Natural History Museum, passamos pelo Hyde Park, depois Palácio de Buckingham, Big Ben, London Eye… No final do dia colocamos no Maps e tínhamos andado mais de 12km, mas com paradas para apreciar o lugar e para comer, não sentimos tanto.

Tower Bridge em Londres viajar barato
A Tower Bridge em Londres

4 – Use e abuse de passeios gratuitos

Mesmo as cidades mais caras do mundo sempre possuem atrações gratuitas. Pesquise antes de viajar para saber qual você poderá aproveitar. Até pontos turísticos super procurados sempre têm um dia de gratuidade.

O Coliseu de Roma, por exemplo, é gratuito todo primeiro domingo de cada mês, assim como os Museus do Vaticano. Em Dublin, em toda primeira quarta-feira que é o dia da gratuidade para várias atrações na cidade como o Dublin Castle.

Em Paris o Museu D’Orsay também gratuito em todo primeiro domingo do mês e durante o período de outubro a março a entrada do Louvre também é gratuita no mesmo dia.

E em Londres, a National Gallery, British Museum, Natural History Museum e os parques, é claro, são gratuitos todos os dias.

Italia-ferias-viagem-roma-coliseu-colosseo-roteiro-eurotrip

5 – Nas refeições, faça como os locais e fuja dos restaurantes para turistas

Uma das coisas que mais pesa num orçamento de viagem é a alimentação. E é algo necessário, não tem como simplesmente cortar da lista. O jeito é encontrar alternativas de economizar. Nós gostamos muito de economizar comprando algumas coisas em mercados comuns e fazendo em casa. Para isso, na hospedagem preferimos alugar studios com uma mini-cozinha e geladeira. Não que você vá passar suas férias no fogão, mas sabe aquele lanche da tarde ou aquela fome que bate a noite? Ter o mínimo em casa já resolve. Fizemos isso em Veneza, em Malta e no Algarve, em Portugal.

Outra opção é preferir comer em restaurantes voltados para o público local. Em Londres e em Dublin, é muito comum que os moradores da cidade comprem em restaurantes take-away (você compra e leva “para viagem”) e comam os lanches em parques e bancos públicos. Na Itália também essa estratégia é boa para evitar as taxas de “coberto”(taxa pela mesa) e de serviço (pagas ao garçon, como no Brasil).

comida grega pyta gyrus viajar barato para cidades caras
Eu, devorando um pyta gyrus gigante de uma barraquinha de rua encontrada na caríssima Mykonos, Grécia.

6 – Pesquise e reserve o hotel com antecedência

A hospedagem é por muitas vezes o que mais encarece uma viagem. Para tentar driblar os altos preços a dica é pesquisas bastante antes de reservar o seu hotel ou albergue, leia os comentários das pessoas que já se hospedaram no lugar e reserve com antecedência.

Observe o que o hotel ou albergue oferece de comodidade X preço. Tem wi-fi? Tem café da manhã? Alguns lugares cobram taxas extras para esses serviços então leve esses fatores em consideração antes de fechar a reserva para não ter gastos inesperados.

Para economizar já ficamos em albergue e em quartos com duas camas de solteiro em vez de casal. Vale de tudo para que o sonho da viagem se realize.

café da manhã marrocos marrakech
Café da manhã oferecido pelo Riad em Marrakech.

Vai viajar e ainda não contratou seguro de viagem? Clique aqui e garanta 15% de desconto na Mondial Assistance.

Quer saber mais sobre como planejar sua viagem?

5 dicas essenciais para montar um bom roteiro de viagem

Albergue ou Hotel? Qual o melhor tipo de hospedagem?

Viajar de low-cost pela Europa vale a pena?

Veja aqui todas as opções de hospedagem em Marrakech!
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.