Close
Letreiro i amsterdam - Museumplein como chegar

Não é segredo para ninguém que nos apaixonamos por Amsterdam. A cidade nos surpreendeu em tudo e a consideramos (até agora) como a melhor capital europeia que conhecemos. Além das pessoas, do clima de segurança e organização, dos transportes eficientes, dos restaurantes do mundo todo e da incrível paisagem que os canais dão à cidade, é claro, que as 1001 opções de atrações contribuíram e muito para nossa opinião.

Já falamos aqui de diversas atrações como o Museu Van Gogh, o campo de tulipas Keukenhof (que não é em Amsterdam, mas bem pertinho), o Vondelpark, o Red Light District e a Heineken Experience. Todos esses são locais que tivemos o prazer de conhecer de perto, mas Amsterdam tem muito mais a oferecer. E se você tiver tempo vale a pena também visitar esses aqui:

1 – Casa de Anne Frank

O Museu Casa de Anne Frank dispensa apresentações. O lugar ficou mundialmente famoso após a publicação do diário de Anne, que narrava seus medos e angústias enquanto se escondia junto de sua família e outros judeus no “fundo falso” de uma casa, dos soldados nazistas. Sua família na verdade não morava ali, mas em outro bairro e para escapar dos campos de concentração, fingiram uma fuga do país, mas nunca saíram da cidade. Hoje o lugar que serviu de refúgio para eles durante um pouco mais de dois anos é a atração mais visitada de Amsterdam. E como trata-se de uma casa e mais ainda, o espaço usado como abrigo é bem pequeno com passagens estreitas, o número de visitantes permitido é limitado. É preciso comprar os ingressos com antecedência mínima de um mês para baixa temporada e para alta, pode colocar pelo menos três meses para conseguir escolher os dias.

Apesar de toda a importância histórica, confesso que esse era um lugar que tinha muita dúvida se queria conhecer, assim como não quero conhecer campos de concentração na Polônia, por exemplo. E nesse dúvida, os ingressos acabaram e não conseguimos ir lá. De qualquer forma é um lugar importante de memória desse período triste da história que precisa ser lembrado para não ser repetido. O ingresso custa € 9,00 e pode ser comprado no site oficial do museu.

2 – Rijksmuseum

O Rijiksmuseum é mais do que um museu, ele é praticamente parte da cidade. O prédio lindíssimo fica na Museumplein e na sua frente onde está o famoso letreiro Iamsterdam. Conta-se que uma rede privada que reformou o prédio queria fechar a passagem de bicicletas e pedestres que corta o museu, mas os moradores se reuniram em protesto e ela ainda está lá, aberta a todos. Isso dá a impressão de que o museu está super integrado à cidade. Fora a beleza do prédio em si, lá estão obras de Rembrandt, Vermeer e Frans Hals. Cada entrada custa € 17,50 e podem ser comprados no site do museu ou nas várias lojas e barracas que vendem passeios em Amsterdam.

Letreiro i amsterdam - Museumplein praca dos museus

3 – Museu Madame Tussauds

Do histórico, do artístico e agora para o pop. Já falei que Amsterdam tem atrações para todos os gostos, né? E lá também tem um Museu Madame Tussauds com estátuas em cera de personalidades históricas até artistas pop. Optamos por não ir ao Madame Tussauds de Amsterdam, pois o preço é um pouco salgado e já tínhamos visitado o Museu em Londres. No entanto, para quem nunca foi a nenhum Madame Tussauds, com certeza vale a pena pagar o ingresso.

museu de cera madame tussauds londres
Nós no Madame Tussauds em Londres

4 – Praça DAM e Palácio Real

Essa de longe não é uma das praças mais bonitas da Europa, nem o Palácio Real impressiona tanto pessoalmente quanto de nome, mas uma vez em Amsterdam, vale a pena visitar tudo. A DAM é o centro histórico da cidade e onde estão localizados os prédios mais antigos. Em um de seus extremos está o Palácio Real de Amsterdam. Apesar de bonito, parece uma casa se comparado a outros como Versalhes  ou o Castelo de Edimburgo, guardadas as diferenças de período histórico quando foram construídos, claro.

amsterdam palacio real praça dam
Palácio Real de Amsterdam

Embora não sejam tão impressionantes, você vai acabar passando por lá se for até a Red Light District ou decidir visitar o Madame Tussauds, então faça como a gente e coma uma batata frita sentando e admirando a praça.

amsterdam atracoes turisticas praça dam

5 – Passeio pelos canais

Se você for a Amsterdam na Primavera ou Verão, não pode deixar de fazer um passeio pelos canais da cidade. Não pense que o passeio é tipo o das gôndolas de Veneza. Existem várias opções de passeio e um bem legal é o “canal bus” que funciona como aqueles ônibus vermelhos de sightseem hop on hop off. Você não precisa fazer um passeio fechado, pode saltar onde quiser e pegar o próximo barco e continuar o passeio até outro ponto de interesse. É legal, pois você mata dois coelhos de uma só vez: vai de um ponto turístico a outro de forma segura e sem muita complicação e ainda faz um passeio pelos canais da cidade. O preço de um bilhete válido por um dia é de € 23 para crianças € 11,50 (até 12 anos); para dois dias adultos pagam € 35, e crianças € 17,50.

6 – Aluguel de bicicleta em Amsterdam

amsterdam aluguel bicicleta canais holanda

Outra “atração” de Amsterdam são as bicicletas. Na verdade, a bicicleta é um meio de transporte e os holandeses levam muito a sério isso. Embora existam várias “garagens” de aluguel de bicicleta e muitos hotéis também tenham as suas para alugar aos hóspedes (nós alugamos direto com nosso hotel), andar nas ciclovias não é turismo em Amsterdam. Era comum ver turistas andando com suas bicicletas vermelhas e amarelas (de uma conhecida rede de alugueis) sem sinalizar antes de virar ou mesmo buzinar! Eu que nem sou local, já me irritava com gente assim (duas meninas quase nos atropelaram na área dos bares da Leidseplein), imagina as pessoas que estavam indo ou voltando do trabalho e tinham que prestar atenção em si mesmo, no trânsito e nos turistas desavisados?

amsterdam preços aluguel de bicicleta

Existem vários tipos de bicicleta como de crianças e até duplas. O aluguel geralmente é por hora e variam também de acordo com o modelo escolhido.

7 – Cervejaria Brouwerij ‘t IJ

Essa cervejaria já apareceu até num dos episódios do programa O Mundo Segundo os Brasileiros. Trata-se de uma fábrica de cerveja artesanal onde a graça é comprar a bandeja de degustação, que vem todos os sabores produzidos. O lugar não tem a mega estrutura da Heineken Experience e ai está seu charme. Além da cerveja, também são servidos aperitivos como queijo gouda e salame. A bandeja com 5 copinhos custa € 8.

amsterdam atrações pontos turísticos cervejaria artesanal

amsterdam atrações pontos turísticos cervejaria artesanal
Entrada da cervejaria

Vai vistar Amsterdam? Clique aqui é garanta seu desconto de 15% no desconto no seguro viagem com a Mondial Assintance.

Quer saber mais da nossa viagem para Amsterdam? Confira também:

O que fazer em Amsterdam: Roteiro de 3, 5 ou 7 dias

Amsterdam: Tudo o que você precisa saber antes de ir

Onde se hospedar em Amsterdam – dicas de bairros e hotéis

Sobre a maconha em Amsterdam

Confira aqui as melhores opções de hospedagem!
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.

  • janaina

    Olá, boa tarde. Estarei em Amsterdan no dia 26 de dezembro, época que vai estar bem frio por sinal. Dá para fazer os passeios que vcs citaram acima, como por exemplo, o passeio pelos canais de Amsterdã? Obg. Abraço.

    • Jessica Veneravel

      Oi Janaina! Como Amsterdam tem muitos passeios em lugares fechados (como visitas a museus),dá para curti-los mesmo no inverno. Já o passeio pelos canais ou o aluguel de bicicletas nós não recomendamos, principalmente pq há chances de nevar nessa época.
      Abraços!