Close

Bruxelas hoje aparece mais nos noticiários de todo o mundo por ser a sede de muitas instituições internacionais, dentre as quais a própria União Européia. No entanto, a cidade tenta cada vez mais se destacar como destino turístico; tarefa difícil com concorrentes como as “quase vizinhas” Paris e Amsterdam, mas Bruxelas também tem seus encantos. Quer saber quais? Então vamos lá!

Grand Place

belgica-bruxelas-grand-place-praca-mercado-europa-viagem-verao

Como o nome já diz a Grand Place é uma praça rodeada por importantes prédios que apesar de, em um primeiro momento parecerem compor um cenário único, foram construídos em diferentes momentos e para diferentes propósitos. A praça na verdade era um grande mercado, algo semelhante à Praça Jemma el-Fna em Marrakech. O famoso prédio Maison du Roi, hoje um Museu com exposição sobre a história de Bruxelas e o “guarda-roupa” do Manneken Piss, foi construído para ser A Casa do Pão.

belgica-bruxelas-grand-place-maison-du-roi-europa-viagem

Definitivamente o prédio mais bonito é o Hôtel de Ville, a Prefeitura. O prédio tem a torre mais alta e é decorado com figuras ricas em detalhes, cada uma diferente da outra compondo algo como uma corte. Uma curiosidade que aprendemos escutando um dos vários guias que levam grandes grupos de turistas ao longo do dia à praça é que o prédio é desigual. Isso porque ele foi ampliado 40 anos depois de sua construção.

belgica-bruxelas-grand-place-hotel-de-ville-detalhes-esculturas-fachada-turismo-europa

Galerias Reais Saint Hubert

Em todos os roteiros por Bruxelas vimos essa Galeria e, é claro, não poderíamos deixar de conhecê-la. Inaugurada em 1847 com o objetivo de conectar diferentes partes da cidade, ela sempre foi um ponto comercial. Apesar de muito bonita a galeria não é um monumento, mas um shopping. O teto de vidro cria um cenário lindo, mas não imperdível.

belgica-bruxelas-galerias-reais-saint-hubert-turismo-viagem-europa-compras

Manneken Piss

O Manneken Piss, carinhosamente chamado por nós de Manequino, é um dos grandes símbolos de Bruxelas. Ele está em tudo: desde os anúncios de roteiros de ônibus até lembrancinhas das mais esquisitas. Por que ele é tão famosos? Não fazemos ideia. A estátua é do tamanho de uma boneca de criança e se não fosse a multidão que empurrava uns aos outros em busca do selfie perfeito, nós passaríamos direto por ele.

belgica-bruxelas-manneken-piss-estatua-selfies-pontos-turisticos-turismo-europa

belgica-bruxelas-lembrancinhas-manneken-piss-suvenirs-europa

A estátua atual é na verdade uma cópia. Após várias tentativas, a original foi roubada e despedaçada em 1817. Ninguém sabe porque a fonte ficou tão famosa, nem porque a estátua é como é. A única certeza é que os turistas amam o “Manequinho” e em 1985 foi criada a Jeanneke Piss, que é uma menina fazendo xixi na fonte. Depois de nos decepcionarmos com o Manequinho original nem quisemos visitar a sua versão feminina e depois de uma busca no Google Images por ela posso dizer que foi uma ótima decisão.

Mont des Arts

belgica-bruxelas-mont-des-arts-pontos-turisticos-jardim-parque-turismo-ferias-viagem-europa

Mont des Arts foi um dos lugares que mais gostei de visitar em Bruxelas. Trata-se de um jardim pensado para ser o ponto de encontro de artistas. Ele liga a parte mais moderna da cidade com a mais antiga além de ser cercado de arte com a Biblioteca Real Albert I, o Museu Real de Belas artes da Bélgica, a biblioteca Film Real e o Museu do Cinema (Cinematek) e a estátua do Rei Albert I.

Catedral Saint Michel

belgica-bruxelas-catedral-saint-michel-sao-miguel-santa-gudula-fachada-estilo-gotico-turismo-viagem-europa

Boa parte dos monumentos da Europa são Igrejas. Tem gente que não gosta desse tipo de turismo, acha tudo igual. Eu adoro. Não só pela parte religiosa, mas muito pela história e arquitetura de cada uma. A Catedral é dedicada ao arcanjo Miguel e a Santa Gudula (confesso que mesmo sendo católica nunca havia ouvido falar nessa Santa), ambos padroeiros de Bruxelas.

belgica-bruxelas-catedral-saint-michel-sao-miguel-interior-estilo-gotico-europa

Assim como a Saint Patrick’s Catedral em Dublin e a Abadia de Westminster em Londres, a Catedral de São Miguel é em estilo gótico com seu teto bem alto, altar disposto em cruz e tantas esculturas e imagens por dentro e na fachada também. Não é tão grandiosa como a Catedral de Notre Dame de Paris, mas a achei linda.

Atomium

belgica-bruxelas-pontos-turisticos-atomium-viagem-turismo-europa

Assim como a Torre Eiffel, o Atomium também foi construído para ser temporário e fez tanto sucesso que virou símbolo nacional. O Museu foi idealizado para a Exposição Mundial de 1958 e sua localização é distante do centro histórico justamente para valorizar a região e também para contrastar com a “parte antiga” da cidade. Dentro das esferas, além da vista única da cidade (com um panorama de 360°), existem diferentes exposições (a permanente sobre a Expo58 e duas temporárias; veja a programação no site oficial).

O ingresso custa € 8 para estudantes com carteira de identificação e € 11 a inteira. Também existem promoções para quem quiser visitar também a Mini-Europa.

DCIM100GOPRO

Bruxelas, assim como a própria Bélgica nunca esteve na nossa lista de lugares imperdíveis para visitar. Infelizmente, decidir viajar para um lugar é perder a oportunidade estar em outro e o mundo é cheio de destinos maravilhosos… Dito isso, você deve estar se perguntando e porque vocês foram para a Bélgica? Simples, foi uma conjunção de oportunidade, preço, época do ano, distância e mais um bocado de fatores. Os motivos pelos quais chegamos em Bruxelas talvez não tenham sido os mais animadores e, por isso, gostamos tanto da cidade. Viajamos com expectativa zero e a cidade só nos retribuiu.


Vai vistar a Bélgica? Clique aqui é garanta seu desconto de 15% no desconto no seguro viagem com a Mondial Assintance.

Quer saber mais da nossa viagem Bruxelas-Amsterdam? Confira também:

Bélgica – dos chocolates aos negócios mais importantes da Europa

Amsterdam – Tudo que você precisa saber antes de ir

Pensando em visitar a Bélgica? Veja aqui várias opções de hospedagem:
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.