займ онлайнкредиты онлайн
Close

Muitos clichés falam de como as pessoas mudam após uma viagem, em especial, após uma viagem internacional. Nesse caso, existem duas típicas reações entre os brasileiros: 1) Aqui (independentemente do lugar) é lindo e tudo funciona e o Brasil é uma droga; 2) o contato com outras culturas, hábitos e costumes os tornam mais tolerantes e abertos à novas ideias.

A verdade é que sim, existem muitos serviços e ações em países do exterior que o Brasil bem que poderia implantar e que podemos trazer na bagagem de volta para nosso país muito mais que ideias e souvenirs, podemos trazer o conhecimento da existência dessas ações e cobrar nossos governantes. Listamos aqui quatro exemplos de serviços bem legais que encontramos durante nossas andanças pelo mundo. Confira:

1 – Wi-fi no ônibus e app com horários e rotas

Em Dublin, Irlanda os ônibus possuem wi-fi gratuito para seus passageiros, o único “pedido” feito é para os usuários evitarem usar o serviço para fazer downloads de grandes arquivos e assim prejudicar a conexão de todos. O serviço é ótimo não para acompanhar o fluxo da timeline no Facebook, mas porque a Dublin Bus, empresa responsável pela frota de ônibus na capital, possui um app de mesmo nome para Android e iPhone que informa ao usuário as rotas de cada linha, mapa com pontos, preço de cada trajeto (a passagem é cobrada de acordo com a distância percorrida) e até o horário exato em que cada ônibus irá passar no ponto escolhido. Os pontos da capital também possuem um letreiro eletrônico que informa quanto tempo falta para cada linha chegar àquele ponto. Já pensou em um dia de chuva, por exemplo, poder sair de casa a apenas alguns minutos antes de seu ônibus passar? Ou poder escolher pegar o ônibus X, que está muito cheio, porque você tem a segurança de saber que o próximo já está vindo?

Dublin Bus rtpi

Quando fomos à Paris também encontramos o mesmo serviço, o que nos ajudou ainda mais já que era difícil perguntar sobre os pontos para os locais (não falamos nada de francês e eles nada de inglês). O app de Paris é chamado RATP e inclui informações do metro e do RER (uma espécie de trem) também.

ações para importar dublin bus app tela iphone horario tempo real

2 – Carros elétricos para aluguel

E por falar em Paris, foi lá que vimos uma iniciativa incrível: o aluguel de carros elétricos. O projeto Autolib foi lançado pela prefeitura de Paris em parceria com a iniciativa privada em 2011. Estações de recarga  e carros compactos que funcionam a bateria foram colocados em pontos estratégicos da cidade, principalmente próximos a monumentos como a Torre Eiffel e o Arco do Triunfo. O usuário se cadastra no site do projeto, escolhe a forma de pagamento da taxa de utilização (por hora, diária, semanal ou anual) e pode pegar um dos veículos circular pela cidade e depois é só devolve-lo em alguma das estações.

Apesar das críticas que o Autolib recebeu no início, o projeto continua até hoje. Seu objetivo maior é diminuir a emissão de gases poluidores tirando das ruas carros à gasolina e inserindo os elétricos; além é claro da comodidade de simplesmente poder devolver o veículo a alguma estação e não ficar se preocupando mais com onde estacionar. E para facilitar a vida dos turistas, é possível reservar um carro pela internet antes mesmo de desembarcar na cidade, basta apenas possuir a carteira de motorista internacional. Em 2013 o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, chegou a visitar Paris e a “observar de perto” como o projeto funciona, mas até agora não há sinal de que o mesmo seja exportado para a capital carioca ou mesmo para o Brasil.

Paris Autolib 06 2012 Bluecar 2913

3 – Ciclovias e aluguel de bicicletas públicas

Um dos maiores problemas das metrópoles brasileiras é o trânsito caótico. Talvez por isso quando viajamos para o exterior qualquer inovação na área de mobilidade faça nossos olhos brilharem. Em 2012 estávamos publicando aqui no blog nosso entusiasmo com o Projeto Bike Rio, também conhecidas como as bicicletas do Itaú. Eu mesma fui durante muito tempo usuária do serviço e ao mesmo tempo que e perdi as contas de quantas vezes ficava sentada em alguma estação de “tocaia” esperando por alguém prestes a devolver a bicicleta.

Embora usasse tranquilamente a bike nas ciclovias na orla da cidade, nunca me arrisquei a andar na estrada me meio aos carros, coisa que fiz inúmeras em Dublin. Na época da publicação do primeiro artigo sobre o Bike Rio recebemos alguns comentários falando do serviço em cidades como Paris e Cidade do México.

Em Dublin, LondresSevilha e Bruxelas encontramos as mesmas bicicletas. O nome do serviço muda de acordo com a região, mas o modelo da bike é o mesmo: leve, com cesta, sinalizadores luminosos e bem fácil de regular. O sistema de aluguel também era semelhante com o usuário podendo escolher entre o pagamento de uma anuidade ou aluguel único (por diária). A ideia central – o aluguel público de bicicletas – já chegou ao Rio e devido ao sucesso o número de estações está crescendo. Vamos torcer para que esse crescimento das bicicletas também signifique o crescimento do respeito ao ciclista.

ações para importar aluguel bicicletas bike dublin sevilha londres
Bicicletas para aluguel em Dublin, Sevilha e Londres

4 – Sistema de coleta de lixo inteligente

Muito se fala da importância da coleta seletiva do lixo, de separar o lixo orgânico do reciclável e etc. No entanto, as famosas lixeiras coloridas diferenciadas por tipo de lixo não são tão fáceis de encontrar. Ao menos no Rio de Janeiro e Niterói elas são mais comuns em áreas turísticas ou mesmo dentro de escolas como instrumento de educação. Já se você quiser fazer isso com o lixo de sua casa fica bem mais difícil.

ações para importar lixeiras inteligentes portugal algarve portimao
Lixeiras inteligentes em Portugal

Em Portugal, nas cidades do Algarve encontramos as lixeiras separadas por tipo de material a ser descartado e o melhor, havia delas também perto dos prédios e casas, não só no centro ou espaços turísticos. Além disso, elas são um modelo criado para conter grande quantidade de lixo sem ocupar muito espaço nas calçadas onde são colocadas. Felizmente descobrimos que a cidade de Paulínia já está implantando esse modelo. Tomara que se espalhe logo pelo Brasil inteiro.

É claro que a lista de serviços e ações que o Brasil poderia importar é muito maior. Aqui listamos apenas aquelas que tivermos a oportunidade de observar de perto. Como o mundo é muito grande e ainda temos muito o que conhecer, com certeza ainda nos surpreenderemos muito mais. E se você já teve uma experiência legal com algum serviço em outro país, deixe aqui um comentário para contribuir com a nossa lista!


Vai viajar para fora? Clique aqui é garanta seu desconto de 15% no desconto no seguro viagem com a Mondial Assintance.

Veja também outras reflexões:

4 verdades sobre ser brasileiro no exterior

A Geração Y está ganhando o mundo

Viajar ou morar fora do país?

 

banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.