займ онлайнкредиты онлайн
Close

Recentemente li um artigo sobre a Geração X e como ela está chutando o balde. Enquanto essa Geração só agora está percebendo que nem toda satisfação e sucesso vem apenas do trabalho, a Geração Y parece já saber disso há muito tempo e está ganhando o mundo!

Cresci ouvindo falar muito de Geração X e Geração Y, da qual faço parte. As aulas de Psicologia organizacional na faculdade, me ensinaram na teoria o quanto nós somos imediatistas, ansiosos e ousados. Também tive a oportunidade de observar isso na prática, trabalhando em empresas.

Assim como a Geração X, nossa antecessora, fomos criados com a ideia de que “sucesso” é passar anos trabalhando numa mesma empresa e ter estabilidade profissional. No entanto, isso nunca funcionou para a gente e está começando a não funcionar para a Geração X também.

No artigo a Geração X está chutando o balde, a Fabiana Gabriel fala sobre profissionais da Geração X que estão largando carreiras ditas “bem sucedidas” para fazerem o que realmente lhes fazem feliz. Hoje em dia, casos de profissionais acima dos 35 anos que largaram tudo o que conquistaram durante muitos anos de trabalho estão ficando cada vez mais comuns.

Isso me fez refletir sobre a nossa geração, a imediatista Geração Y! Muito se fala da impaciência, da ansiedade que essa geração tem para ganhar uma promoção no trabalho, na necessidade de motivação constante para  trabalhar num mesmo projeto por muito tempo, mas pouco se fala na flexibilidade e capacidade que temos em mudar drasticamente o rumo das nossas vidas sem grandes remorsos.

A geração Y e sua relação com as viagens
Fonte: Free and Easy Traveler

Você está / é feliz com o que você faz? Essa é a nossa maior preocupação, e diferentemente das gerações anteriores, nós nos sentimos donos do nosso próprio nariz. Não temos medo em mudar o que está nos incomodando. Não adiamos um sonho por 20 anos porque “agora não é o momento certo”. Agora é o momento certo e se não for agora, não vai ser nunca!

Não esperamos chegar aos 35 – 40 anos para realizar o que sempre quisemos fazer. E isso está diretamente ligado a viagens e descoberta de novos lugares. No universo dos blogs de viagem podemos encontrar diversas histórias de jovens profissionais que jogaram tudo para o alto e foram fazer o que realmente queriam.

Aconteceu com o Guilherme Tetamanti do blog Viajando com eles, que estressado com a rotina de trabalho resolveu largar tudo e fazer o que realmente lhe deixaria feliz. Partiu para uma volta ao mundo e até hoje tem artigos e histórias incríveis para contar no blog.

O mesmo aconteceu com o casal Leonardo Spencer e Rachel Paganotto do blog Viajo Logo Existo. Esses já estão há mais de um ano na estrada com uma Land Rover!

E para fechar a lista de pessoas que largaram tudo e foram em busca do que realmente queriam, uma das mochileiras mais sem frescura que eu conheço, a Carol Moreno, do blog Mochilao Trips. A viagem de volta ao mundo dela ainda está acontecendo e diariamente ela posta fotos e historias na fan page do blog.

Diferentemente do que aconteceu com a Geração X, antes de ser tarde demais, estamos percebendo que o prestígio e o orgulho de ter construído uma carreira de sucesso pode não valer a pena se você passou anos da sua vida estressado, fazendo o que não te deixava realizado e sonhando em fazer algo que sempre esteve ao seu alcance, mas que sempre adiou por não ser o momento certo.


Quer ler mais reflexões sobre viagens? Confira também:

O que o medo tem te impedido de fazer?

4 verdades sobre ser brasileiro no exterior

5 motivos para viajar em casal

Vai viajar? Reserve seu hotel pelo Booking!
banner-booking

Sobre o autor

Carioca da gema, flamenguista, psicólogo e apaixonado por fotografia. Para ele, qualquer lugar é perfeito com céu azul, sol e uma cerveja gelada. Após dois anos morando em Dublin, é hora de retomar a vida no Brasil e desbravar cada cantinho do nosso país.