Close

O Rio de Janeiro é a cidade do Brasil que mais recebe turistas.  Com uma cidade tão bonita – e porque não lembrar do cliché? – maravilhosa, é difícil montar um roteiro sem deixar nada escapar. Visitar o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e a Praia de Copacabana são alguns dos roteiros que vêm à cabeça de todos. Ainda assim, existem alguns lugares que mais do que conhecer a cidade, vão fazer você se sentir um verdadeiro carioca.  Confira nossa lista com 10 dicas:

1 – Correr, caminhar ou andar de bicicleta no Aterro do Flamengo

Não é segredo para ninguém que a forma física é bem importante para os cariocas. Basta circular pelas praias e praças de toda a cidade para notar que as academias ao livre quase sempre estão lotadas. E já que se exercitar é bom para a saúde e para a autoestima, que tal fazer isso com a paisagem do Pão de Açúcar logo ali? O Aterro do Flamengo é um lugar democrático: tem pista de skate, quadras de basquete, de volei e de futebol, tem pistas para bicicleta e para caminhada. É só escolher a sua “praia” e começar bem o dia!

viagem-casal-viajando-namorado-namorada-marido-esposa- rio de janeiro

2- Descobrir que a melhor vista da cidade é a do alto da Pedra da Gávea

O corcovado com o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar e Morro da Urca com seu Bondinho são de longe os pontos turísticos mais conhecidos do Rio de Janeiro, em grande parte por oferecerem uma vista incrível da cidade. No entanto, carioca que é carioca gossshhhta mesmo é de desafio e a trilha que leva ao topo da Pedra da Gávea oferece de tudo: tem pedra, “mini-escalada”… E no final, todo esforço é recompensado com a melhor das vistas. Tudo sem confusão de gente disputando espaço para uma foto ou japoneses com iPads gigantes. Só mesmo a natureza.

dicas vista-alto-pedra-da-gavea-carioca  rio de janeiro

3 – Ir no Cinema Odeon e terminar a noite na Lapa

O Cine Odeon (inaugurado em 1926) fica no coração do Centro do Rio de Janeiro, no lugar que acabou sendo nomeado devido a variedade de cinemas na época, a Cinelândia. O Odeon era uma das principais salas do Festival do Rio, Anima Mundi e de vários festivais de filmes independentes (sem falar de suas maratonas e eventos como o Cine Cachaça). Em junho de 2014 o cinema foi fechado para reformas e reaberto em março de 2015. O programa perfeito é assistir a algum filme lá e depois ir andando até a Lapa (bairro boêmio, que mistura absolutamente de tudo). Beba nos barzinhos, mas coma nas barraquinhas de rua.

4 – Assistir a um jogo no Maracanã e comemorar (ou não) no Buxixo

Ir ao Maraca (chamá-lo assim também o tornará mais carioca) é de praxe para qualquer um que visitar o Rio de Janeiro. Se for um clássico então…melhor ainda! E depois de terminada a partida vá andando até a Praça Varnhagem para participar dos “comentários pós-jogo” bebendo um chopp no Buxixo ou comendo uma picanha no Garota da Tijuca . Não sabe o caminho? Nem se preocupe, basta seguir a multidão.

Maracana  rio de janeiro
Botafogo X Flamengo no Maracanã. Jogo empatado, mas chopp garantido depois.

5 – Comprar um skate na Galeria River e ir testar na Vista Chinesa

Galeria River, em Ipanema é um centro comercial referência em pranchas, artigos e moda para surfistas. Com o tempo, lojas de outros tipos de esportes foram abrindo como especializadas em skates, patins e até escalada. Já a Vista Chinesa é um “pagode”, como é chamado os templos ou monumentos orientais, erguido em frente a um mirante com vista para o Cristo Redentor, Lagoa Rodrigo de Freitas, Pão de Açúcar e as praias da Zona Sul. Em frente ao monumento há uma ladeira bem íngreme onde os cariocas descem de skate, patins e até carrinho de rolimã.

6 – Ver e aplaudir o pôr do sol da Pedra do Arpoador

Um dia me perguntaram “É sério mesmo que as pessoas batem palma para o pôr do sol?”. “Claro que sim! É bonito, tem que aplaudir.” – respondi. A praia do Arpoador é bem pequena, principalmente se comparada com a sua vizinha, Ipanema. Mas seu grande diferencial está na atmosfera mais alternativa e mais tranquila. Como que “fechando” a orla está a Pedra do Arpoador. É possível subir nela e ali ficar sentado de frente para toda a costa da cidade. O pôr do sol é o mais bonito da cidade principalmente por causa das montanhas, bem características do Rio, ao fundo da paisagem. Um espetáculo digno de aplausos.

Vista do por do sol nas pedras do arpoador -  rio de janeiro

7 – Comer pastel na mureta da Urca

Com uma cidade tão bonita para que ficar fechado dentro de um bar ou restaurante? No Bar Urca, a graça mesmo é comprar os seus famosos pastéis, uma cerveja gelada e ir comer sentado na mureta de frente para a Baía de Guanabara.

8 – Tomar banho na cachoeira do Horto e depois relaxar no Jardim Botânico

As praias definitivamente são o principal atrativo do Rio de Janeiro, mas a cidade tem muito mais a oferecer de opções de lazer. As Cachoeiras do Horto são algumas dessas opções. As Cachoeiras do Quebra e do Chuveiro ficam dentro do Parque Nacional da Tijuca e o acesso é feito por uma trilha bem leve. O horário ideal para curtir as cachoeiras é entre as 11h e 13h. Depois disso a dica comprar um açaí reforçado e ir passar o final de tarde no Jardim Botânico. Sente em um dos banquinhos e espere o entardecer entre as Palmeiras Imperiais.

Jardim Botanico - Rio de Janeiro

9 – Tente Stand Up Paddle na Barra ou Montanhismo na Urca

Se a sua experiência com o skate na dica 5 não for das melhores, não desanime! No Rio de Janeiro o que não faltam são opções de esportes ao ar livre. Se a sua “vibe” for praia, vá até a praia da Barra e tente o Stand Up Paddle. Um dos melhores lugares para a prática do esporte na cidade fica na entrada do canal da Barra da Tijuca. Mesmo quando toda a orla da cidade está com ondas agitadas, nesse canal a água permanece bem calma, ou seja, perfeita para o esporte. Só não vá após chuvas ou quando o canal estiver muito raso. Já se você gostar mais de visuais incríveis, tente fazer uma aula de escalada na Urca. O bairro tem mais de 200 vias mapeadas, vias de escalada esportiva e boulders para todos os gostos.

10 – Visitar Niterói, amar, mas não perder a piada

E, por fim, atravesse a ponte, vá até Niterói. Conheça o Museu de Arte Contemporânea, o Parque da Cidade e as praias oceânicas da região. Delicie-se com a beleza única da cidade, mas não fale nada, principalmente para os niteroienses. Volte para o Rio e faça a famosa piada: a melhor coisa de Niterói é a vista para o Rio de Janeiro. Pronto! Feito isso, você já é um carioca!

Museu de Arte Contemporane de Niteroi Orcar Niemeyer - Rio de Janeiro

dicas-rio-de-janeiro-vista-parque-da-cidade-niteroi


Para mais dicas de roteiros pelo Rio de Janeiro veja nossa coluna Rotas Cariocas.

Confira também as listas:

5 motivos para viajar em casal

4 verdades sobre ser brasileiro no exterior

4 ações que o Brasil poderia importar de outros países

Veja aqui opções de hospedagem no Rio de Janeiro para todos os bolsos:

banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.