займ онлайнкредиты онлайн
Close

A capital Tailandesa é realmente uma cidade única. Ao passear por ela é possível encontrar arranha-céus e prédios modernos e de outro lado, ruas escuras e casas amontoadas com roupas secando a beira da rua. No entanto, a sua maior beleza estão nos templos centenários e nos diversos monumentos budistas que podem ser encontrados em toda a cidade.

Bangkok-Rio-river

Depois de mais de 20 horas de voo chegamos em Bangkok. E não poderia ter uma recepção melhor aos que chegam ao país! O Aeroporto Internacional de Suvarnabhumi é uma obra de arte. Ele mescla arquitetura moderna com imagens tradicionais da cultura budista.

DCIM101GOPRO

Bangkok-Aeroporto-de-suvarnabhumi

Não a toa ele foi o lugar mais fotografado de 2012, segundo levantamento do Instangran. Foi inaugurado em 2006 e hoje já é o 17º aeroporto mais movimentado do mundo. É considerado um dos mais importantes da Ásia perdendo em números de passageiros/dia apenas para o de Tokio. Nele é possível encontrar miniaturas dos templos mais famosos assim como as estátuas guardiãs do Grand Palace.

Antes mesmo de embarcar cheque se seu hotel oferece o serviço de transfer do Aeroporto. O nosso oferecia, mas cobrava uma taxa de 1500baht (o que equivalente a R$107). O Aeroporto era longe, mas essa taxa era abusiva. Optamos por pegar os taxis rosas do lado de fora no andar do embarque.

Cuidado! Taxistas tem a fama de enroladores em todos os lugares do mundo, mas na Tailândia eles são demais. A maioria não quer usar o taxímetro, além de afirmarem que conhecem o endereço e depois você se dar conta de que está num lugar completamente diferente do que precisava estar.

Antes de entrar no taxi exija que ele ligue o taxímetro e tenha certeza de que ele conhece o endereço do hotel , se notar que ele já está se enrolando dê meia volta e finja que vai retornar ao Aeroporto. Os taxistas de lá literalmente brigam entre si pelos passageiros. A maioria já chega pegando suas malas quando você mal terminou de atravessar a rua para garantir a corrida.

Em todas as vezes que saímos e voltamos para o Aeroporto de taxi nos foi cobrada uma taxa de 50bath para “estacionar” no Suvarnabhumi. Ainda não sabemos se essa taxa “existe” ou se é mais um golpe (são muitos em Bangkok), mas acabamos tendo que pagar.

Com o taxímetro, a corrida começa em 35baht (R$2,50) e você tem que pagar os dois pedágios para entrar no Centro de Bangkok: um de 25 e um de 45baht. Uma corrida justa do Aeroporto até a Kao San Road, por exemplo, ficam em torno de 300bath mais os pedágios (o primeiro taxi que pegamos ficou em 700baht! Um roubo que só percebemos mais tarde).

Ponto marcante de Bangkok são as diversas homenagens ao Rei Bhumibol Adulyadej. A Tailândia é uma monarquia constitucional e a família real é tratada com grande respeito por todos os cidadãos. Embora o rei já tenha seus 85 anos, são comuns fotos suas de quando era jovem serem encontradas em vários cruzamentos nas ruas de Bangkok em suntuosos portais com dragões e símbolos de sabedoria e força, além de muito dourado.

Bangkok-aeroporto-de-suvarnabhumi-rei
Bangkok-monumentos-rei

 

Bangkok-transito-ruas

E falando nas ruas, impossível não notar o trânsito caótico da cidade. Praticamente não há sinais de trânsito e os que existem não são como os brasileiros que param o trânsito para a passagem do pedestre. Ônibus, carros e caminhonetes com caçambas lotadas de gente dividem espaço com os numerosos tuk-tuks.

Nos cruzamentos passa que for mais esperto. Retorno? Acho que não existe isso nas ruas tailandesas. Se você está de um lado da rua e um taxi ou tuk-tuk passa no sentido inverso, ele vira o veiculo ali mesmo no meio das duas pistas para ir pegar você.

bangkok, tuktuk

Mas há outros meios de transporte em Bangkok. O trem é considerado o mais rápido e leva o passageiro inclusive para dentro do Aeroporto. E há o sistema hidroviário que, na nossa opinião, é mais prático. Os vários piers cortam a cidade e são a melhor solução para quem quer visitar os templos, além de serem baratos e de você conseguir se localizar visualmente.

Bangkok-Templos


Confira mais no próximo post Os templos e os golpes de Bangkok!

Veja opções de hospedagem em Bangkok:

banner-booking

 

 

 

 

Sobre o autor

Carioca da gema, flamenguista, psicólogo e apaixonado por fotografia. Para ele, qualquer lugar é perfeito com céu azul, sol e uma cerveja gelada. Após dois anos morando em Dublin, é hora de retomar a vida no Brasil e desbravar cada cantinho do nosso país.