Close

Rio de Janeiro… A cidade maravilhosa é hoje a cidade mais visitada de todo o Brasil! Segundo o Ministério do Turismo, o Rio lidera com folga a lista de destinos turísticos do país. De todos os estrangeiros que vêm ao Brasil, 30,2% visitam a cidade.

Os dados são do Estudo da Demanda Turística Internacional de 2011, é só comprovam o bom momento que a cidade está vivendo. Apesar dos pesares, o Rio de Janeiro e todo o Estado ainda continuam lindos. Pena que os cariocas da gema, aqueles que aqui nasceram e foram criados nem sempre aproveitem o paraíso que tem bem no quintal.

Há tempos começamos a notar como amigos que visitam a cidade por alguns dias conseguiam conhecer lugares incríveis que nem nós mesmos sabíamos que existiam! Mas, decidimos que isso pode e deve mudar. Decidimos descobrir também esses lugares e esse espaço é para dividir um pouco dessas experiências.

Sim! Isso mesmo! Aqui no Rotas Cariocas vamos mostrar como é possível fazer passeios incríveis sem sequer sair da cidade ou do estado. Prepare sua mochila e vamos lá!

Os mistérios da Pedra da Gávea

Quem não desejou ir até “a Terra dos Monstros” quando viu Os Trapalhões, Angélica e Conrado (sim, Conrado!!!) perdidos com monstrinhos comilões dentro dessa pedra?

A Pedra da Gávea e sua misteriosa “cabeça de índio” sempre despertaram o interesse e a curiosidade de todos e conosco não foi diferente. Mas como dizem, no painno gain.  Para chegar à tão esperada vista e curtir toda a paisagem é preciso passar antes por uma trilha pesada entre muitas raízes e pedras e com direito a escalada em paredões

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos

O que levar para subir a Pedra da Gávea?

Antes de sair de casa, coloque em uma mochila leve ou cartucheira água ou isotônicos (ou os dois) e frutas como banana e maçã. Além de alimentarem e ajudarem a prevenir câimbras, os restos das frutas viram adubo natural e você não terá que se preocupar em trazer o lixo de volta.

Dica importante: evite bolsas de lado porque há trechos em que você precisará usar pernas e braços para escalar e o ideal é que as bolsas e mochilas sejam bem presas ao corpo para não atrapalharem nesses trechos.

Como é a trilha da Pedra da Gávea?

A Pedra da Gávea fica localizada entre os Bairros de São Conrado e Barra da Tijuca. A menos que você more por ali – o que não é o nosso caso – saia de casa bem cedo. Isso porque o legal é começar a fazer a trilha cedo para não pegar o sol muito forte no topo da pedra. O acesso é feito por dentro do Parque Nacional da Tijuca. Aos que vão pela primeira vez é preciso ficar atento, pois a entrada é feita por uma espécie de condomínio. Carros podem circular até a área da guarita do Parque. Dali em diante, só a pé!

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos guarita

A Trilha

Alongue-se antes de começar a andar, principalmente se você é do tipo aventureiro de final de semana. Para fazer a trilha não é necessário ir acompanhado de um guia, mas é norma ter uma pessoa responsável para assinar uma lista na guarita do Parque informando seu telefone, número de pessoas que estão juntas e o horário de entrada por questões de segurança.

Via Pico dos 4

São duas maneiras de chegar ao topo da Pedra. Uma delas é seguindo a trilha do Pico dos 4. O inicio é o mesmo do caminho que segue para a Pedra da Gávea, mas logo depois da cachoeira saímos dessa trilha mais frequentada e cruzamos o riacho, nesse ponto já em direção ao Pico dos Quatro.Essa é uma trilha mais curta, porém bem mais íngreme. Só vá por esse caminho com um guia, ou com alguém que conheça bem a trilha, pois ela é bem fechada. Depois de aproximadamente uma hora e meia, temos a primeira parada, a Garganta do Céu. O visual é recompensador. A Garganta do Céu fica na lateral da Pedra da Gávea, de lá temos vista para São Conrado e a esquerda, a rocha forma uma moldura natural, ou seja, várias fotos fantásticas!

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos pico dos quatro 4 garganta do ceu são conrado

 

Rio de Janeiro, pedra da gavea, trilha, via pico dos 4, quatro, vista, sao conrado, garganta do ceuNesse lugar, você consegue passar por baixo de umas pedras e descer mais um pouquinho. Desse ângulo você consegue fotografar com a “moldura natural” dos dois lados. Um ângulo visto por poucos.

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos pico dos quatro 4 garganta do ceu são conrado moldura natural

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos pico dos quatro 4 garganta do ceu são conrado

Outra dica interessante para fotografar o lugar, é a fenda que se forma com a sombra das rochas. Excelente para tirar fotos de silhuetas.

rio de janeiro, trilha, pedra da gavea, via pico dos 4, quatro, fotografia, azul, silhueta, nikon d5000, garganta do céu, fenda

rio de janeiro, trilha, pedra da gavea, via pico dos 4, quatro, fotografia, azul, silhueta, nikon d5000, garganta do céu, fenda

Após muito descanso e várias fotos, voltamos à trilha em direção ao topo! Muita subida e rochas que você só consegue subir com o auxilio do cabo de aço que fica na Pedra. Após aproximadamente 45 minutos chegamos ao topo da Pedra da Gávea.

Brasil, Rio de Janeiro, trilha, pedra da gavea, via pico dos quatro, 4, garganta do ceu, cabo de aço, vista, perigoso, altura, medo

Brasil, Rio de Janeiro, trilha, pedra da gavea, via pico dos quatro, 4, garganta do ceu, cabo de aço, vista, perigoso, altura, medo

Tradicional

O outro caminho, é o tradicional.O primeiro trecho é bem tranquilo com uma “estrada” composta de pedras, mas bem niveladas. Depois começa um caminho entre raízes e pedras entre subidas e descidas. Pode parecer difícil, mas não é. As árvores protegem do sol e amenizam o calor. O ideal é que a pessoa siga sempre o mesmo ritmo e evite fazer muitas paradas para não chegar ao topo sob sol muito forte.

O tempo de caminhada é bem relativo. Levamos duas horas e meia para subir os 842m de altura, mas fizemos uma caminhada bem leve com, é claro, muitas paradas para fotos. A descida levou apenas uma hora e meia.

O importante é saber que a trilha tem momentos de escalada em pedras, mas nada impossíveis. A primeira encontrada tem até aqueles ferros para serem usados como degraus para auxiliar na subida. Para passar pela segunda é preciso usar algumas raízes como apoio. E a última é a famosa carrasqueira.

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio

A Carrasqueira

A Carrasqueira não tem esse nome por acaso. Ela é um grande paredão composto de várias pedras. Confesso que me assustei quando vi as pessoas com cordas e todos aqueles equipamentos de escalada. Não preciso dizer que não fomos com equipamento algum… As pessoas que estavam lá foram bem simpáticas e ofereceram o equipamento, mas já que tinha passado pelas outras escaladas, quisemos testar se conseguiríamos ir mais longe. E conseguimos! Subindo pelo canto esquerdo é só procurar as fendas e impulsionar sempre bastante o corpo. A subida foi bem mais fácil do que imaginava! Já a descida que é mais cruel, mas faça como eu e só pense nisso na hora da volta.

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio carrasqueira

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio carrasqueira

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio carrasqueira

O Topo

Mais cinco minutos de subida entre raízes e chega-se ao topo. Dali existem duas opções de caminho. Á direita é a parte mais conhecida. São pedras planas que dão vista para praticamente toda a cidade. Dá para ver do Pão de Açúcar até a Ponte Rio-Niterói. A vista é LINDA! De tirar o fôlego mesmo! Faz com que você esqueça todos os problemas do Rio e agradeça por viver aqui.

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista

À esquerda tem uma trilha para os que gostam de fortes emoções. Na primeira parte encontramos mais pedras que dão para vistas espetaculares. Seguindo em frente tem um trecho onde é preciso descer em uma pequena encosta por um cabo de ferro. Depois no outro lado, tem mais um paredão para subir com pedras altas e poucas fendas. É preciso ter cuidado, pois as pedras desse trecho minam água, ou seja, lama e pedras escorregadias. Mas quem conseguir subir não vai se arrepender. Esse caminho dá para o ponto mais alto da Pedra, para a “cabeça do índio”! Além disso tem a cadeirinha, uma formação rochosa na última pedra. É possível sentar lá e ficar literalmente de cara para o precipício.

Rio de janeiro, pedra da gavea, carrasqueira, vista, barra da tijuca, linda, panoramica, trilha, rotas cariocas

Rio de Janeiro, trilha, pedra da gavea, carrasqueira, perigo, vista, visual, cadeirinha, abismo, penhasco, nikon d5000

O passeio vale muito a penas, mas é importante respeito. Respeito ao seu limite para não se arriscar sem necessidade e respeito à natureza. Não deixe lixo na trilha ou nas pedras do topo. O Rio de Janeiro agradece!

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista trilha barra da tijuca

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista trilha

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista trilha

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista trilha

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista trilha

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista trilha

Brasil Rio de janeiro trilha pedra da gávea fotos indio vista trilha


O que fazer no Rio de Janeiro – 51 boas ideias para você aproveitar a cidade

Praia do Secreto – Rotas Cariocas

Trilha da Pedra do Pontal – Rotas Cariocas

Trilha do Pão de Açúcar – Rotas Cariocas

Trilha da Pedra da Gávea – Rotas Cariocas

Vai conhecer o Rio de Janeiro? Confira as melhores opções de hospedagem!
banner-booking

Sobre o autor

Niteroiense de nascença, Botafogo de coração, Relações Públicas por formação, blogueira e viajante por paixão! Ama destinos históricos e visitar Museus em todo o mundo, mas não dispensa uma boa praia. Para ela, uma viagem não está completa sem apreciar (e bem) a culinária local e as lojas, claro.

  • Anonymous

    Nossa muito lindo

  • Paulolima

    Poucas vezes posto algum comentario sobre materias de links, não conheço o site então não opino, mas essa materia e simplesmente fantastica, lindas fotos, lugar é divino, nos deixa triste por não ter preparo para fazer uma subina com essa dificuldade , mas parabens , se não visse essas fotos jamis conheceria esse paraiso. obrigado!

  • Anonymous

    esqueceram de falar da pedra do navio que eh o lugar mais facil de chegar e com as mesmas vistas encontradas nas imagens acima.

  • impressionante

  • Anonymous

    Caraleoooo, você me levou a uns 20 anos atras e uns 40 kilos a menos, nos tempos de moleque eu fui muito por la. A vista de lá é realmente uma das mais belas do Rio de Janeiro. Parabéns.

  • Anonymous

    cara eu moro em frente á essa pedra e a gente costuma chamar ”cabeça do velho” e não ”cabeça do índio” mesmo assim parabéns lindas fotos

  • Anonymous

    eu conheco como cabeça do imperador…

  • Anonymous

    Muito bom! Você foi muito explicito! Sou guia de Turismo e vou toda semana lá levando meus Turistas! É simplesmente lindo! Parabéns!

    • E qto vc cobra para levar? Tenho um grupinho de umas 5 pessoas. Obrigada e no aguardo

  • Anonymous

    quanto fica um tour nesse lugar alguem sabe?

  • Anonymous

    Parabéns, eu tô sem folego pra comentar. Nota 10 seu link!
    Agora preciso me recuperar pra subir nesse fds!
    Vlw pelas dicas!!!!

  • Belo post!

    Apenas uma informação, você escreveu: “Além de alimentarem e ajudarem a prevenir câimbras, os restos das frutas viram adubo natural e você não terá que se preocupar em trazer o lixo de volta”

    Imagine só se todo mundo começa a deixar restos de frutas ou outros ítens na floresta. Isso é um problema que já existe em várias montanhas no Brasil, inclusive gerando degradação em alguns cumes, sem contar moscas e outros ítens.

    O ideal é a interferência mínima: levou, então traga de volta!

    No mais, show de bola seu blog.

    Abraço,

  • Anonymous

    Muito foda essas fotos quero muito ir a pedra da Gavéa mais não sei se consigo subir já que sou um pouco cheinha e temho muito medo de altura mais vendo essas fotos e seu relato o medmo até passa rsrsrsrsrsrs shooow de bola parabéns pelo relato e pelas fotos .

  • Maravilhosas as fotos e a paisagem….tudo de bom…parabens

  • Gente, animal o post e as fotos! Me deu muita vontade de fazer esta trilha!
    Abraços

  • Parabéns!

  • Anonymous

    Sonhei demais em visitar essa pedra. Férias terminando e, eu não consigo ir…Que pena!
    Benna Lago
    De Manaus…em férias no RJ

  • Anonymous

    Porque ninguém registra fotos da orelha ou diria melhor ouvido? E acabam com as mentiras de que existe uma entrada para o centro da pedra, feita pelo interior do ouvido? Mentira! Você rasteja por um pequeno buraco de dois metros de profundidade, horizontal e dá de cara com a pedra fechada. Pode dar uma dica, com fotos do caminho deste cabo de aço e como se chega na garganta do céu. Com fotos ilustrativas. Bom trabalho, abraço.

  • Anonymous

    O guia se encontra la.?

    • Não. Infelizmente também não conheço nenhum para indicar, mas acredito que você consiga achar sem dificuldades esses serviços no google.

  • Anonymous

    alguem poderia enviar para o meu email umas dicas bem explicativas sobre o Pico dos quatro? viniapneia@hotmail.com

    grato!!!

  • Anonymous

    Na entrada do Parque Nacional é pago algum valor pra subir?

    • Não é pago valor algum. Inclusive, na ultima vez que fomos subir a pedra, eles até entregaram um mapa do parque.

    • Anonymous

      Obrigada Bruno.

  • Anonymous

    Alguém pode me dizer se é permitida a entrada de crianças com o responsável? Não pretendemos subir tudo.
    Obrigada.

  • Anonymous

    Queria uma informação! Tenho muita vontade de ir nessa trilha na parte da madrugada para conseguir pegar o nascer do sol com a minha namorada! É muito arriscado?

    • Já pensei em fazer isso também, mas desisti pelo risco. Mas tenho amigos que já fizeram e não tiveram problemas.

  • Pingback: Ilha Grande - Roteiro Completo - Deixa de Frescura!()

  • Pingback: Rotas Cariocas - Cachoeiras do Horto e Vista Chinesa - Deixa de Frescura!()

  • Pingback: Forte do Leme - Rotas Cariocas - Deixa de Frescura!()

  • Pingback: Ciclismo e pôr do sol no Arpoador - Rotas Cariocas - Deixa de Frescura!()

  • Pingback: 10 trilhas para curtir o melhor do Rio! - Deixa de Frescura!()

  • Pingback: Parque da Cidade de Niterói - Rotas Cariocas - Deixa de Frescura!()

  • Pingback: Costão de Itacoatiara - Rotas Cariocas - Deixa de Frescura!()

  • Pingback: Trilha do Pão de Açúcar - Rotas Cariocas - Deixa de Frescura!()

  • Jê Sáinchéz Di Ferrero

    Que chegue logo minha vez! É tudo muito perfeito #Ansiosa

    • Bruno Costa

      Prepare-se pois a trilha é longa! =)

      • Rafisa Carvalho

        bruno vc sabe me dizer quantas horas e sera q eu nao vou me perder, tem guia, se tiver qual o valor q eu pagoo

        • Oi Rafisa, os guias costumam ser bem caros para levar até a Pedra da Gávea.

  • ANONIMO

    PRECISA LEVAR EQUIPAMENTO DE ESCALADA???

    • Bruno Costa

      Nós subimos sem nenhum equipamento de escalada pela carrasqueira e é totalmente possível fazer isso. Algumas pessoas usam, outras não. Se você não tiver medo de altura, dá pra subir sem equipo sim. Abs!

  • Rosane Santos Nunes

    Nossa! Muito lindo! Parabéns pelas fotos, são apaixonantes.
    Sou carioca e agora tenho certeza do porquê o meu Rio de Janeiro ser intitulada de Cidade Maravilhosa. As imagens já dizem tudo.
    Meu Rio de Janeiro eu te ?.

    • Bruno Costa

      Muito obrigado Rosane!

  • José Expedito

    Já fui uma vez e já esta mais do que na hora de voltar lá!!!

    • Bruno Costa

      Vale a pena mesmo, José. O visual é incrível!

  • Ingrid Nascimento

    Não aconselho a ir sem guia nem pelo caminho comum! É complicadinha, a carrasqueira dá medo e se a pessoa “travar” pode sim escorregar e acontecer o pior, a descida então é tensa…E POR FAVOR, NÃO DEIXEM O LIXO PELO CAMINHO!!!! Mesmo sendo lixo orgânico, já pensou se todo mundo que passar por lá resolver deixar seus restos de maçã e banana por lá? Vai virar um lixão!! Tudo que vai com você, volta com você!!!! Educação e respeito pela natureza é o mínimo…

    • Bruno Costa

      Ingrid, como relatamos no post, fizemos sem nenhum guia e conseguimos subir sem nenhum equipamento sem dificuldade alguma. É claro que isso varia de pessoa para pessoa. Se você tem medo de altura, não recomendamos de forma alguma tentar subir a carrasqueira sem equipamentos, pois o risco de travar é muito grande. Quanto ao lixo, seu recado foi perfeito. Pensamos da mesma forma e para ir um pouco mais além, gostaria de deixar uma dica para o pessoal. Muitas vezes levamos um saco plastico vazio e durante as trilhas vamos recolhendo parte do lixo que encontramos pelo caminho! Vamos manter as trilhas limpas galera!

  • Sylvio Abreu

    Muito legal sua forma de escrever e descrever as trilhas que levam à PG.

    • Valeu Sylvio!!! Muito maneira sua foto na Garganta do Céu! Abs!

  • André Mattos

    Muito lindo vale a pena todo desafio

  • matheus

    como faço pra chegar la?

  • Ed Kal

    por favor, gostaria de saber se há empresa que faz transporte até o topo da pedra da Gávea, sem ter que fazer a trilha. obrigado.

    • Infelizmente não, Ed. A única para conhecer esse lugar é fazendo a trilha. Abs!

  • Yago Luiz

    Olá jessica, tenho dúvidas se e preciso levar algum equipamento ,e se dá pra ir pela trilha direto pro pico dos 4 depois do Rio sem a conhecer se tem como se perde ?

    • Olá Yago! A parte mais complicada da trilha é a carrasqueira. Algumas pessoas travam e não conseguem subir. Nós sempre subimos sem equipamento, mas vai depender de cada um.

      A trilha para o Pico dos 4 quando eu fiz estava um pouco fechada, não sei como está hoje. De qualquer forma, eu não indicaria fazer a trilha do P$ sem guia não.

      Valeu!

  • apollo

    Gostaria de fazer essa trilha nesta quarta 1/03/17, mas por ser feriado será que o portão de entrada estará fechado? alguém sabe me informar?

  • Midiã Feer

    Nossa muito lindo. Mesmo eu não sabendo o caminho por nunca ter ido, posso marca com amigos e ir tranquila?

    • Olá, só recomendo ir com amigos caso alguém já conheça a trilha e caso você não tenha medo de altura. A parte da carrasqueira é bem perigosa para quem tem qualquer receio em relação a altura. Na duvida contrate um guia para fazer a trilha com total segurança.